iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

11/06 - 00:05

Cabeça três, Franco Ferreiro vence a primeira na Bulgária
Terceiro melhor brasileiro no ranking de entradas da ATP, Franco Ferreiro iniciou bem sua trajetória no Challenger de Sofia nesta terça-feira. Cabeça-de-chave número três do torneio búlgaro, o gaúcho de Uruguaiana passou fácil pelo sérvio Darko Madjarovski e avançou à segunda rodada da competição.

Gazeta Esportiva

Vivendo o melhor momento da carreira e alçado esta semana à 163ª posição do ranking, Ferreiro não teve muito trabalho diante do qualifier sérvio, apenas o número 420 do mundo. A vitória do representante nacional foi obtida por 2 sets a 0, com as parciais de 6/2 e 6/3.

O próximo adversário do único brasileiro na chave principal de Sofia será o francês Alexandre Sidorenko, 218º do ranking, que bateu nesta terça o búlgaro convidado Tihomir Grozdanov por 2 sets a 1, com 6/2, 6/7 (4-7) e 6/2.

Nas últimas semanas, Sidorenko teve dois encontros com tenistas brasileiros: na estréia do Challenger de Bordeaux, quando caiu diante de Thomaz Bellucci por duplo 6/3, e nas quartas-de-final de Furth, na semana passada, eliminando Marcos Daniel por 5/7, 6/1 e 7/6 (7-3).

Puerta cai: Último tenista a chegar à final de Roland Garros antes do domínio de Rafael Nadal e Roger Federer no Aberto da França, o argentino Mariano Puerta foi despachado logo na primeira rodada em Sofia.

Tentando recuperar a antiga forma, o vice-campeão da edição de 2005 do Grand Slam parisiense foi eliminado pelo português Rui Machado por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 4/6 e 6/4. Puerta, agora, disputa apenas a chave de duplas ao lado de Franco Ferreiro.

O argentino ex-número nove do mundo, vale lembrar, foi suspenso duas vezes do circuito profissional ao ser flagrado no antidoping: em 2003, por uso de clenbuterol (medicamento receitado para asmáticos) e dois anos mais tarde, quando foi pego com etilefrina, estimulante cardíaco.

Suspenso por oito anos pelo uso da eilefrina, Puerta conseguiu reduzir sua pena ao justificar que o medicamento fora deixado em seu copo acidentalmente pela esposa. O argentino fez seu retorno ao circuito no ano passado, mas disputando torneios de menor expressão. Atualmente, ele é o 187º do ranking.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo