iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

10/06 - 11:59

Davydenko tem estréia tranqüila. Cañas também vence.
Tenista de maior gabarito no circuito profissional a abdicar da preparação para Wimbledon, ainda aproveitando os eventos no saibro, o russo Nikolay Dayvenko estreou bem no Torneio de Varsóvia. Em quadra nesta terça-feira, o número quatro do mundo eliminou o uruguaio Pablo Cuevas em tranqüilas parciais de 6/3 e 6/2 e avançou à segunda rodada.

Gazeta Esportiva

De modo diverso ao que preferiram fazer os outros tenistas de ponta do ranking da ATP como Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic, Davydenko ainda não quis abrir sua temporada de grama – tinha a possibilidade de jogar em Queen’s ou em Halle. Com retrospecto muito ruim sob o piso mais rápido existente (cinco vitórias em 18 jogos disputados na carreira), o russo é o maior favorito na Polônia, onde tenta apagar a eliminação logo na terceira rodada de Roland Garros, há uma semana.

Ao converter, o primeiro pré-classificado bateu Cuevas, número 114 do mundo, em apenas 1h05 e agora se prepara para enfrentar o tcheco Jiri Vanek, a quem aplicou um duplo 6/0 no único embate já realizado – foi no carpete de Moscou, em 2006.

Em outro jogo válido pela primeira rodada, o argentino Guillermo Cañas superou a má fase e depois de muita luta e 2h21 de jogo conseguiu bater o peruano Luis Horna em três sets: 6/2, 6/7 (5-7) e 6/4. A vitória foi a 12ª da temporada de Cañas, cujas 11 derrotas somente neste ano o fizeram despencar para a 48ª posição da ATP.

Cabeça-de-chave número cinco em Varsóvia, Cañas avança para enfrentar na segunda rodada o espanhol Santiago Ventura, que derrotou o sérvio Boris Pashanski, dono do 80º posto no ranking, também nesta terça por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias