iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

06/06 - 14:42, atualizada às 16:32 06/06

Federer confirma favoritismo e repete final contra Nadal
Responsável pela quebra do jejum de sete anos sem tenistas da casa nas semifinais de Roland Garros, o francês Gael Monfils batalhou muito, mas não conseguiu brecar o número 1 do mundo e foi superado pelo suíço Roger Federer na segunda semi do dia. Depois de arrancar um empate no segundo set, Monfils foi superado por 3 sets a 1, parciais de 6/2, 5/7, 6/3 e 7/5.

Gazeta Esportiva

A decisão, neste domingo, será contra o número 2 do mundo, o espanhol Rafael Nadal, que tentará seu quarto título no saibro francês. O duelo é o mesmo que definiu o título das suas últimas temporadas com completo favoritismo do asturiano.

O jogo - Federer começou a partida com completo controle do confronto. Com um histórico prévio de três vitórias e nenhuma derrota contra o francês, ele se impôs ante um adversário irregular na primeira parcial.

Monfils desperdiçou seu serviço inicial e o suíço não perdeu a oportunidade para começar com 2-0. Pressionado, o local dedicou-se mais a defender e conseguiu diminuir a desvantagem no game 3. Reclamando de areia nos olhos, o francês interrompe o quarto game para receber atendimento médico, mas não evita o distanciamento do suíço no marcador, confirmando seu serviço.

Mesmo pressionado, Monfils volta para a briga com uma boa devolução para encostar em 3-2, mas depois disso é abafado. Em 31 minutos, com uma quebra dupla no final, Federer define a primeira parcial.

O tropeço inicial não desanima Monfils. Mesmo falhando bastante no início da parcial - com quatro faltas seguidas, proporciona o empate para Federer em 1-1 -, ele conseguiu reagir em tempo. O francês quebra o saque suíço no 11º game e defende bem para garantir o set e deixar tudo igual.

Mas no terceiro set, ele voltou a se perder em quadra. Estável, Federer assumiu o controle e chegou a ter 5-1 de vantagem. Monfils ensaiou uma reação, mas nada que intimidasse o suíço, que fechou em 6/3.

A torcida que lotou a quadra Philippe Chatrier não ficou triste com o resultado do jogo, mas não teve do que reclamar na parcial decisiva. Federer e Monfils travaram um duelo acirrado definido com 7/5 para levar o suíço a mais uma decisão no saibro.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo