iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

04/06 - 18:48, atualizada às 18:48 04/06

De virada, Federer derrota González e chega à semifinal
O número 1 do mundo perdeu o primeiro set, mas virou a partida contra Gonzalez e se garantiu na semifinal de Roland Garros

Gazeta Esportiva

PARIS (França) - Não foi fácil, mas o suíço Roger Federer conseguiu chegar às semifinais de Roland Garros. Nesta quarta-feira, o atual número um do mundo começou devagar, mas virou para cima do ‘freguês’ chileno Fernando González e passou a ver mais perto o único troféu de Grand Slam que lhe falta na carreira. Irreconhecível no começo da partida, Federer precisou levar o baque de se ver atrás do placar para conseguir emplacar seu ritmo dominador e eliminar González, cabeça-de-chave 24 em Paris. A vitória, no entanto, foi obtida por 3 sets a 1 com as parciais de 2/6, 6/2, 6/3 e 6/4, em 2h01 de duelo. Com a vitória, Federer aumentou sua soberania sobre o sul-americano no histórico do duelo entre os dois tenistas. Agora, são dez vitórias do suíço contra apenas uma de González – obtida, aliás, no último encontro entre os dois, na primeira rodada da Masters Cup do ano passado. Em Grand Slams, contudo, o número um do mundo segue sem perder para o chileno nos quatro embates já realizados. Antes desta quarta-feira, os dois haviam se cruzado na terceira rodada de Roland Garros e nas quartas-de-final de Wimbledon (ambos em 2005) e na decisão do Aberto da Austrália-2007. Embora não tenha o saibro como piso favorito para atuar, Federer disputa a sua quarta semifinal consecutiva no charmoso torneio parisiense. Nas últimas três edições, seu único algoz foi o espanhol Rafael Nadal (nas semis de 2005 e nas decisões de 2006 e 2007). Em rota de colisão com Nadal apenas na decisão, o suíço espera agora pela definição de seu adversário nas semifinais deste ano. Federer pegará o vencedor da partida entre o espanhol David Ferrer, quinto cabeça-de-chave, e o francês Gael Monfils, que se encaram ainda nesta quarta-feira.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo