Ele não poderá ingerir álcool após hemorragia e já estava em abstinência havia três meses, após detectar sangramento no esôfago

A dieta de Sócrates quando deixar o hospital terá 0% de álcool, contou ao iG nesta terça-feira a mulher do ex-jogador, Kátia Bagnarelli. Ele está internado desde sexta-feira na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Albert Einstein, em São Paulo, devido a uma hemorragia digestiva . Já teve uma melhora, se alimenta e recebe visitas e, segundo a esposa, até brincou com o cardápio no futuro.

“Falamos que ele agora vai ser do clube da Coca-Cola”, disse Bagnarelli. Fã confesso de uma cervejinha desde os tempos que comandava a Democracia Corintiana, nos anos 80 , Sócrates já estava sem consumir álcool nos últimos três meses devido a uma pequena hemorragia que teve no esôfago.

Sócrates já faz trabalho de fisioterapia no quarto
Arquivo pessoal
Sócrates já faz trabalho de fisioterapia no quarto


“Em um exame de rotina foi constatada essa hemorragia, ele tratou e já estava sem beber, porque os médicos disseram que poderia agravar o sangramento. Ele seguiu corretamente a abstinência de álcool imposta pelo médico, por isso nos surpreendemos quando teve esse problema mais grave agora, “disse Bagnarelli.

À noite, em depoimento gravado e exibido no "Jornal Nacional", da TV Globo, Sócrates agradeceu ao apoio e disse que espera receber alta em breve.

"Está tudo bem. Até o final de semana estou em casa, fazendo minhas caminhadinhas", disse o ex-jogador. "Quero deixar um beijão para todo mundo que rezou, torceu, se lembrou de mim..."

Até o momento os médicos que cuidam de Sócrates evitaram divulgar a causa da hipertensão portal, que originou o sangramento digestivo. Normalmente, essa hipertensão é gerada por cirrose , que é o funcionamento deficiente do fígado. A esposa do ex-jogador contou que está incomodada com a falta de informações à imprensa, o que segundo ela gera dados incorretos. Uma entrevista coletiva dos médicos deve ser marcada até o final da semana – Sócrates não tem data para deixar o hospital.

“O problema dele está aliado à bebida, mas também por causa da alimentação, e de algumas doenças de infância. O que os médicos nos passaram nesse momento é que não há risco imediato de transplante de fígado. A medicina está moderna, há tratamento”, disse Bagnarelli. “Mas o Sócrates não é alcoólatra, não tem problema de alcoolismo”, garantiu.

Leia na Encliclopédia de saúde do iG:

Doença hepática

Doença hepática alcoólica

Cirrose

Transplante

Sócrates já faz trabalho de fisioterapia no quarto
Arquivo pessoal
Sócrates já faz trabalho de fisioterapia no quarto
Kátia afirmou que, no futuro, é possível que seja necessário o transplante de fígado, algo que foi descartado neste momento pela equipe médica. Segundo o médico Vladimir Schraibman, especialista em gastrocirurgia do Albert Einstein (mas que não é um dos responsáveis pelo tratamento de Sócrates), casos como do ex-jogador normalmente acabam resultando em transplante.

“Mas o consumo de álcool, nesses casos, fica proibido para o restante da vida”, disse Schraibman. O transplante, porém, acontece depois que o paciente é avaliado entre um e dois anos e está com abstinência absoluta – somente depois desse período o transplante é permitido.

“Se o caso é grave, pode ser feito antes”, disse o médico. O iG apurou que Sócrates chegou ao hospital em estado gravíssimo, já que a hemorragia chegou ao estômago. Hoje, o estado é grave, mas o ex-jogador não corre mais risco de morte.

“Estamos confiantes que em breve ele deixará o hospital e estará conversando com todos vocês (da imprensa). Ele que retribuir o carinho, das homenagens que recebeu de todos, principalmente dos corintianos”, disse Bagnarelli.

O Doutor

Sócrates já faz trabalho de fisioterapia no quarto
Arquivo pessoal
Sócrates já faz trabalho de fisioterapia no quarto
Sócrates é um dos maiores ídolos da história do Corinthians e um dos principais nomes da seleção brasileira pós-era Pelé. Formado em medicina, se destacou fora de campo por conta de sua participação política e intenso debate sobre o estabilishment do futebol, cujo principal resultado foi o projeto "Democracia Corintiana", anos nos quais, apoiado em regime mais aberto entre jogadores, comissão técnica e diretoria, o clube paulista conquistou o bicampeonato estadual em 1982/83.

Apelidado de "Doutor", Sócrates e seu estilo elegante, no qual se destacava o uso do calcanhar, tiveram seu auge na primeira metade da década de 80, quando além de vencer títulos pelo Corinthians o craque foi apontado pela imprensa internacional como o melhor jogador do Brasil que encantou a todos na Copa do Mundo de 1982 , na Espanha. Foi também eleito o melhor jogador sul-americano de 1983 no mais importante prêmio do continente, concedido pelo jornal uruguaio "El País". Tamanho prestígio o levou à Fiorentina, da Itália, onde acabou por fracassar e retornar ao Brasil em 1985.

Em 2004, Sócrates entrou na lista da Fifa (Federação Internacional de Futebol) dos 100 melhores jogadores vivos. Em anos anteriores já havia também sido premiado por veículos como a revista "World Soccer" e a TV norte-americana CNN como um dos maiores jogadores de todos os tempos. Irmão do ídolo são-paulino Raí, Sócrates hoje participa como comentarista do programa "Cartão Verde", da TV Cultura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.