Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ronaldinho e Thiago Neves voltam ao Flamengo contra o Madureira

Eles estavam suspensos e não participaram do empate em 0 a 0 com a Cabofriense, domingo passado, em Macaé

Gazeta |

Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves que, por motivo de suspensão, não enfrentaram o Cabofriense, domingo, têm retorno garantido ao time do Flamengo na partida do próximo final de semana, diante do Madureira, pela quinta rodada da Taça Rio. Mas o técnico Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com o time completo porque os meio-campistas Willians e Renato Abreu precisarão ficar fora por terem recebido o terceiro cartão amarelo no último jogo.

O treinador, que deu folga ao elenco nesta segunda-feira, só vai pensar no time quando os trabalhos forem reiniciados nesta terça. Botinelli, que substituiu Ronaldinho, pode ser mantido na equipe, no lugar de Renato, enquanto o chileno Fierro disputa com Fernando a vaga de Willians como volante.

Luxa não ficou satisfeito com a exibição da equipe e, durante o tempo técnico, deu uma bronca geral, segundo ele, para tentar despertar o grupo que estava muito apático durante o jogo. Para o treinador, a ausência de Ronaldinho e Thiago Neves não pode ser usada como desculpa para o empate porque o Flamengo tem um elenco de qualidade, bem superior ao do adversário.

Luxemburgo espera usar o primeiro empate diante de um time considerado pequeno para deixar o grupo mais ligado.

"O Flamengo vai ser cada vez mais visado. Isso é normal. O que não pode é ficar visado pelos árbitros. Tivemos muitos cartões desnecessários. Quem entrar em campo contra o Flamengo vai querer tirar uma casquinha, tirar a invencibilidade. Resultado ruim pertence ao time campeão. Até para dar uma acordada, para não deixar repetir. Se der mole, fica no meio do caminho. Mas de uma coisa ruim tem que fazer uma coisa boa", afirmou o técnico, em entrevista divulgada pelo site oficial do clube.

Com o empate deste domingo diante da Cabofriense, o Flamengo caiu para a terceira colocação do Grupo A da Taça Rio, com oito pontos ganhos em quatro partidas disputadas (duas vitórias e dois empates). O Boavista é o líder, com nove pontos, empatado com o Vasco, mas com vantagem no saldo de gols.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG