"Acertar nos detalhes vai nos dar estrutura maior e vamos conseguir os resultados", analisou o lateral

Depois de cumprir suspensão automática no empate diante do Flamengo , pela rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro 2011, o lateral Rômulo esta de volta ao Atlético Paranaense . Dessa forma, Adílson Batista não precisa mais quebrar a cabeça para escolher entre Wendell e Wagner Diniz, já que o titular retorna de olho na evolução do time, que segue na zona de rebaixamento.

"Nossa equipe está se encorpando. Perdemos para o Grêmio e para o Palmeiras, mas criamos bastantes oportunidades. Acertar nos detalhes vai nos dar uma estrutura maior e vamos conseguir os resultados", analisou o jogador.

O lateral direito avalia que o Furacão foi superior nestes dois encontros. "A gente pega o scout depois do jogo e está lá que finalizamos mais, temos mais posse. Jogamos melhor, os números mostram isso", disse. Após o empate em casa diante do Flamengo, o time da Baixada conquistou seu primeiro ponto na competição e o ataque desencantou. Essa é uma motivação a mais para Rômulo.

"Depois desse primeiro ponto e desse primeiro gol as coisas vão se encaminhar bem e as coisas vão mudar daqui para frente. Estamos cientes que os erros têm que ser diminuídos. No Brasileiro os jogos estão se definindo por erros da equipe perdedora", concluiu.

O Atlético-PR volta a campo no domingo, quando encara o Figueirense, no Estádio Orlando Scapelli, em Florianópolis. Quem deve ficar de fora, até mesmo do banco de reservas, é o meia Paulo Baier, que fará um trabalho especial de condicionamento físico para aguentar a maratona de jogos e retornar em um ritmo melhor do que tem apresentado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.