Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Renato nega erro em escalação e reclama de postura do Grêmio

Treinador disse que empate no Gre-Nal foi justo e parabenizou Inter pelo título de turno

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Além da figura histórica, Renato Gaúcho foi personagem do Gre-Nal por mandar a campo o Grêmio com uma escalação surpreendente. Adepto do futebol ofensivo, o treinador escalou a equipe no 3-6-1 – formação não treinada com Vilson na zaga e Leandro no banco. Resultado: o Internacional dominou o jogo especialmente no primeiro tempo.

O Grêmio só foi empatar ao final da partida, quando tinha um jogador a mais em campo, e perdeu na decisão por pênaltis. Ao avaliar os 90 minutos, o treinador negou ter errado:

"Não é que não tenha dado certo. É que recuamos demais e isso não estava previsto. Quando se joga com três zagueiros, não se pode recuar: esta não foi a ordem".

Renato lamentou as lesões de Willian Magrão e de Gabriel substituídos por Leandro e Fernando. Para Renato, o Inter foi melhor no primeiro tempo e o Grêmio, no segundo.

"Tivemos volume de jogo e buscamos mais as chances. O Gre-Nal é assim mesmo: foi justo. E eles foram melhores nos pênaltis", disse Renato.

O Grêmio se reapresenta na manhã desta segunda-feira. À tarde viaja para o Chile. Na quarta-feira decide vaga às quartas de final da Libertadores contra o Universidad Católica.

null

Leia tudo sobre: grêmiointernacionalcampeonato gaúcho 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG