Tamanho do texto

Seleção verde-amarela encerra a disputa com duas medalhas de prata e cinco bronzes

O boxe brasileiro se despediu dos Jogos Pan-Americanos sem subir no lugar mais alto do pódio. Último representante verde-amarelo, Yamaguchi Falcão acabou derrotado pelo cubano Julio Cesar La Cruz neste sábado por 22 a 12 e ficou com a prata na categoria até 81 kg.

Veja também: Róbson Conceição conquista a primeira prata do boxe brasileiro

Falcão Yamaguchi reclama de resultado que lhe valeu a prata
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Falcão Yamaguchi reclama de resultado que lhe valeu a prata
No início do combate, o brasileiro tomou o centro do ringue e manteve a guarda bem alta, aproveitando os contra-ataques. Aos poucos, o cubano passou a se movimentar mais e a encaixar mais golpes. Mesmo assim, Yamaguchi não escondeu a surpresa no intervalo ao verificar que os juízes haviam dado vantagem ao cubano de 6 a 2.

Confira ainda: Róbson Conceição fica com prata no pescoço e ouro no dedo

Atrás no marcador, Yamaguchi tentou ser mais ofensivo, mas Julio Cesar La Cruz fez o máximo para evitar o confronto direto com o atleta capixaba. Tanto, que o árbitro tirou um ponto do cubano por falta de combatividade.

Veja o quadro de medalhas completo do Pan

Mas no último round valeu o poder de esquiva de Julio Cesar La Cruz, que chegou a abrir duas contagens duvidosas sobre Falcão antes do término do combate.

Saiba também: Yamaguchi Falcão termina amizade com rival desonesto no boxe

"Estou lutando com o campeão mundial, sabia que seria muito difícil para mim, uma luta complicada. Ele é enjoado, agarra, empurra. O que eu pensei em fazer não deu certo, esperava sair na frente no primeiro round para poder administrar um pouco depois, mas não consegui, tive de buscar a luta o tempo todo, tinha de chamar porque ele não vinha, foi muito difícil", lamentou o capixaba.

Leia ainda: Yamaguchi Falcão samba após tapetão, vence e vai à final do boxe

Yamaguchi ganhou projeção nos Jogos Pan-Americanos após ter sido desclassificado de maneira injusta por um falso golpe baixo nas quartas de final. Seu adversário na ocasião, o dominicano Felix Alvarez fingiu ter sido atingido e ajudou o juiz a eliminar o brasileiro no mesmo instante.

Róbson Conceição comemora conquista da medalha de prata no Pan
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Róbson Conceição comemora conquista da medalha de prata no Pan
Entretanto, após protesto formal realizado pela comissão técnica verde-amarela, a organização voltou atrás e deu a vitória ao brasileiro. Com isso, o classificou no “tapetão” para a semifinal do torneio. Em sua luta seguinte, ele derrotou o mexicano Armando Piña com ampla vantagem.

Além da prata de Yamaguchi e de Róbson Conceição conquistadas nesta noite , o Brasil se despede do boxe no Pan com outras cinco medalhas de bronze com: Julião Neto, Robenilsonde Jesus, Myke Caravlho, Roseli Feitosa e Everton Lopes, campeão mundial no início do mês, que não repetiu o resultado no México.