Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Thiago Pereira se classifica para a final dos 200 m medley

Nadador tem nova chance de igualar recorde brasileiro de dez ouros pan-americanos do veterano mesatenista Hugo Hoyama

iG São Paulo |

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Thiago Pereira avança na eliminatória dos 200 m medley
Mais uma chance: o nadador Thiago Pereira se classificou nesta quarta-feira a mais uma final em Guadalajara, agora nos 200 m medley, e tenta novamente igualar o recorde brasileiro de dez ouros em Jogos Pan-Americanos do veterano mesatenista Hugo Hoyama .

Leia também: Thiago Pereira se despede de "longas maratonas" no Pan

Pereira liderou boa parte da segunda bateria do dia. No entanto, com o objetivo de se poupar para a decisão, diminuiu o ritmo no fim e chegou em segundo lugar, com 2min04s84. Em primeiro, ficou o norte-americano Conor Dwyer. Na primeira bateria, Henrique Rodrigues, de 20 anos, chegou em primeiro, com tempo de 2min04s88, e se junta ao astro na decisão desta noite, às 22h15 (no horário de Brasília).

"Tem que jogar o jogo conforme as regras. Ontem eu fui dormir era quase meia-noite, preciso descansar agora para buscar o ouro mais tarde", disse o nadador à TV Record após a bateria.

Mais brasileiros disputarão a medalha de ouro
Ainda antes, Henrique Rodrigues nadou a primeira bateria e terminou em primeiro, com o tempo de 2min04s88 - terceiro no geral, atrás de Pereira - e aparece como um dos principais adversários do nadador do Corinthians, que busca o recorde pessoal de medalhas de ouro em Pan-Americanos.

Nos 200 m borboleta feminino, Joanna Maranhão se esforçou bastante, e conseguiu garantir vaga na final. Em sua bateria, ela terminou na segunda posição e passou para a decisão com o quarto lugar no geral. Outra brasileira, Daiene Dias, nadou a mesma prova e não conseguiu a classificação, ao ficar com a nona posição dentre 16 atletas.

Vipcomm
A brasileira Joanna Maranhão tira a touca durante eliminatórias da natação

O revezamento 4 x 200 masculino também colocou o time brasileiro na final. Com apenas uma prova a ser disputada, todos os países já entraram garantidos na prova. Mesmo assim, Giuliano Rocco, Lucas Kanieski, Diogo Yabe e Leonardo de Deus fizeram o segundo melhor tempo, com 7min37s89, 10s atrás do time norte-americano, primeiro colocado.

Acompanhe o blog do Rogério Romero

Nos 100 m livre feminino, Tatiana Barbosa foi outra nadadora classificada para a final. Ela fez o quinto melhor tempo, atrás de amanda Kendall (EUA), Vanessa Garcia (PRC), Erika Erndl (EUA) e Jennifer Beckberger (CAN). Outra brasileira, Daynara de Paula não foi bem e terminou na nona colocação, perdendo a vaga na decisão.

Confira como está o quadro de medalhas dos Jogos Pan-Americanos

Dono de três ouros no Pan 2011, o brasileiro teve uma chance de alcançar a marca histórica nesta terça, nos 200 m peito, mas teve de se contentar com o bronze. Depois da prova, o atleta admitiu que os efeitos da altitude da metrópole mexicana começam a interferir em seu rendimento e que a maratona de provas deixa o desgastado e dolorido.

De todo modo, no medley, que combina os estilos livre, costa, peito e borboleta, Thiago Pereira tem a sua melhor oportunidade de conquistar o quinto ouro. Dentre os tempos que garantiram vaga na competição, o carioca, de 25 anos, está sobrando: 1min57s35, sendo que a melhor marca da concorrência pertence ao compatriota Rodrigues, com 1min59s00. Entre os estrangeiros, Dwyer, vencedor da bateria de Pereira, liderava, com 1min59s19. Eles são os únicos três nadadores que chegaram ao Pan com tempos abaixo dos dois minutos.

Leia tudo sobre: pan 2011NataçãoThiago Pereirabrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG