Para a oposta, Cuba e República Dominicana, que jogarão com seus times completos, serão as principais rivais do Brasil

selo

Sheilla será a jogadora de segurança do Brasil nos Jogos Pan-Americanos
Divulgação/FIVB
Sheilla será a jogadora de segurança do Brasil nos Jogos Pan-Americanos
A seleção brasileira feminina de vôlei iniciará no próximo sábado, às 22 horas (de Brasília), contra a República Dominicana, a sua caminhada em busca do título dos Jogos Pan-Americanos de 2011. E a atacante Sheilla, campeã olímpica em 2008, afirmou que não vê os Estados Unidos entre os maiores rivais do Brasil nesta edição do Pan, em Guadalajara, no México. 

Leia também: Para Zé Roberto, Pan 2011 será "treino de luxo" para Copa do Mundo

Atuais campeãs do Grand Prix, derrotando justamente a seleção brasileira na final, as norte-americanas não usarão sua força total no Pan, fato que faz Sheilla acreditar que o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães precisa se preocupar, principalmente, com outros dois rivais em solo mexicano. 

"Sabemos que os Estados Unidos não estarão com o time completo, mas Cuba e República Dominicana levarão as equipes principais. As cubanas e as dominicanas serão nossas principais adversárias", afirmou Sheilla, lembrando que não encara com revanchismo o reencontro com Cuba, campeã pan-americana em 2007, no Rio, após derrotar o Brasil por 3 sets a 2 na decisão.

Veja também: Conheça os principais destaques no vôlei no Pan 2011

"Ganhar ou perder faz parte do esporte. Para falar a verdade não lembro direito daquela final. Passamos por muitos episódios desde então", opinou a campeã olímpica, que já terá as cubanas pela frente logo no terceiro jogo da primeira fase do Pan, no próximo dia 17, depois de o Brasil enfrentar as dominicanas no sábado e o Canadá no domingo, em confrontos válidos pelo Grupo A. O Grupo B conta com Estados Unidos, Porto Rico, México e Peru. 

A seleção brasileira embarcará na noite desta terça-feira, no Aeroporto Internacional de em Guarulhos (SP), rumo ao México. Em Guadalajara, o Brasil tentará ser campeão pan-americano pela quarta vez no vôlei feminino, depois de ter ficado em primeiro lugar nas edições de 1959, 1963 e 1999 da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.