Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Sabine Heitling deixa o bi escapar nos 3 mil com obstáculos

Brasileira perdeu ritmo a duas voltas do final e arrancada nos últimos 300 metros garantiu apenas o bronze

iG São Paulo |

AP
Sabine Heitling (esquerda) acompanha a americana Sara Marie Hall e a colombiana Angela Maria Figueroa na final dos 3 mil metros com obstáculos
A brasileira Sabine Heitling não conseguiu o bicampeonato pan-americano nos 3 mil metros com obstáculos. Ela esteve no pelotão de frente durante todo o  percurso da prova, em Guadalajara, mas a duas voltas do final, perdeu ritmo e ficou somente com o bronze. A americana  ficou em segundo lugar.

Leia ainda: Prata nos 800 m é a 1ª medalha do atletismo do Brasil no dia

As três primeiras colocadas estiveram à frente durante quase toda a prova, com Figueroa na liderança. Sabine era sempre a segunda colocada. A duas voltas do final, as coisas começaram a se definir. Figueroa e Sara Marie forçaram a passada e deixaram Sabine para trás. A partir daí, a disputa ficou polarizada entre a colombiana e a americana, com a sul-americana na frente. Na abertura da última volta, Sara Marie revelou a economia que vinha fazendo e, mais inteira fisicamente, disparou.

Veja também:  Robles sobra, bate recorde e é ouro nos 110 m com barreiras

Figueroa também mostrou que já havia usado tudo para liderar por tanto tempo a corrida e assumiu um ritmo visivelmente lento, o cansaço era evidente. Tão devagar que Sabine, já distante das duas primeiras colocadas, percebeu que se aproximava da rival e, numa arrancada, tentou a prata. As duas chegaram muito próximas, mas apesar do esforço, a atleta nacional não conseguiu a prata.

Leia tudo sobre: Pan 2011atletismo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG