Tamanho do texto

Equipe mantém tradição na prova e deixa São Cristóvão e Nevis e os Estados Unidos para trás

Bruno Lins fecha revezamento e comemora medalha de ouro
AP
Bruno Lins fecha revezamento e comemora medalha de ouro
O revezamento 4x100 m masculino confirmou a tradição na prova e faturou o tetracampeonato pan-americano. A medalha de ouro veio com o tempo de 38s18, igualando o recorde da competição, que já era do Brasil. São Cristóvão e Nevis ficaram em segundo lugar, com 38s81, seguido pelos Estados Unidos, com 39s17

Leia mais: quarteto feminino faz história

Campeão nos Jogos do Rio 2007, Santo Domingo 2003 e Winnipeg 99, a equipe em Guadalajara foi formada por Ailton Feitosa, Sandro Viana, Nilson André e Bruno Lins.

Além das medalhas em Pan, o revezamento 4x100 m masculino tem uma prata nas Olimpíadas de Sydney 2000, e o bronze em Atlanta 1996.