Tamanho do texto

Na cerimônia da entrega da bandeira mexicana, Felipe Calderón também enalteceu as obras em Guadalajara

Parte dos atletas do México que competirão nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara , a partir do dia 14 de outubro, foram recebidos pelo presidente do país, Felipe Calderón, para a cerimônia da entrega da bandeira do país à delegação que será a sede dos Jogos. E além de manifestações de incentivo, os atletas presentes ouviram palavras de agradecimento de Calderón ao trabalho de Emilio Gonzalez Márquez, governador do estado de Jalisco (onde se localiza Guadalajara) na organização dos Jogos.

"Gostaria de agradecer ao governador de Jalisco por sua dedicação nestes Jogos Pan-Americanos. Alguns conflitos ocorreram ao longo do caminho, mas ele conseguiu seguir em frente com o seu trabalho e certamente fará destes Jogos o de maior sucesso na história", disse Calderón.

Parte dos atletas do México que estarão do Pan é recebida pelo presidente Felipe Calderón (no centro da foto)
EFE
Parte dos atletas do México que estarão do Pan é recebida pelo presidente Felipe Calderón (no centro da foto)

Emilio Marquez assegurou que os 23 estádios e ginásios construídos especialmente para o Pan 2011 terão seu uso destinado à população de Jalisco, após o encerramento dos Jogos. Lembrou ainda que desde as Olimpíadas de 1968, realizadas na Cidade do México, nenhum ginásio havia sido erguido no país.

"Estamos frente à melhor delegação de esportistas que o nosso país já presenciou. Esta delegação vai a Guadalajara procurando fazer história", afirmou, ressaltando que o desafio é superar o número de 80 medalhas.

Esta é a terceira vez que o México será anfitrião dos Jogos Pan-Americanos desde a sua criação, em 1951 (antes havia sido em 1955 e 1975, ambois na Cidade do México). A delegação mexicana será composta por 646 atletas, dos quais 279 são mulheres e 367 homens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.