Bruna Brunnett, de 20 anos, defenderá o país nos Jogos Pan-Americanos

A disputa dos Jogos Pan-Americanos , que este ano será em Guadalajara, não traz “apenas” medalhas e conquistas para os competidores. Muitas vezes, os esportistas têm algumas dores de cabeça durante o período da competição, como o caso da representante brasileira nos saltos ornamentais, Bruna Brunnett.

Blog: Espírito Olímpico

“Vida de atleta não é fácil. Infelizmente, perdi vários vestibulares quando estava viajando. Tem que haver dedicação, e amor ao esporte, para conseguir conciliar e arranjar tempo para fazer tudo. No momento, concluí o ensino médio e estou me dedicando mais aos treinos”, revelou a saltadora, que defenderá o país no México.

LEIA TAMBÉM: Ginástica artística define equipe que disputará o Pan 2011

Com apenas 20 anos, a jovem atleta terá outro tipo de prova pela frente, totalmente diferente daquelas da sala de aula. No Pan, Bruna fará sua estreia em competições internacionais.

Após a disputa dos Jogos Pan-Americanos, Bruna Brunnett voltará para as salas de aula
Reprodução Facebook
Após a disputa dos Jogos Pan-Americanos, Bruna Brunnett voltará para as salas de aula
“Estou muito ansiosa, pois será a primeira vez que disputarei um evento tão importante. É uma responsabilidade imensa representar o nosso país”, afirmou a atleta dos saltos ornamentais.

Em Guadalajara , os saltadores brasileiros terão que quebrar um tabu gigantesco, já que o Brasil nunca conquistou uma medalha de ouro na modalidade.

“Foi uma grande vitória ter conquistado uma vaga para o Pan. Sei que é muito difícil brigar por medalhas, pois todas as atletas estão treinando tanto quanto eu. Meu objetivo é avançar até as finais. Porém, se eu conseguir vencer, isso será apenas o reflexo do meu esforço e dedicação”, disse Bruna, que já planejou o que fará no futuro.

“Logo após o Pan, irei me dedicar mais aos estudos e pretendo fazer faculdade de fisioterapia”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.