Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Pan 2011 chega a seu último dia com três ouros em disputa

Brasileiro ganha a maratona no último ouro do Brasil. Estreante rúgbi 7 e basquete masculino fecham o evento

iG São Paulo |

Falta pouco. Depois de 15 jornadas de competições, o Pan de Guadalajara chega a seu dia derradeiro neste domingo, com mais três provas em disputa antes da realização de sua cerimônia de encerramento, que terá o ginasta Diego Hypólito como o porta-bandeira da delegação brasileira.

Leia também: O que de melhor aconteceu no penúltimo dia do Pan-Americano

São três ouros em jogo, então: na maratona masculina, a partir de 12h30 (no horário de Brasília, agora com fuso horário de quatro horas a mais que na metrópole mexicana) e nos torneios de basquete masculino e do estreante rúgbi 7.

Leia ainda: Judô brasileiro faz a melhor campanha

Pois o primeiro ouro dessa trinca veio justamente para o Brasil, com Solonei Rocha, cuja incrível história foi contada por aqui uns dias atrás, pelos enviados iG a Guadalajara. O paulista de Penápolis disparou na metade do percurso da maratona, com muita confiança e conquistou a última medalha deste Pan-Americano para o Brasil, formando uma dobradinha nesta corrida com a brasileira Adriana da Silva, que havia ganhado a prova feminina no domingo passado.

Leia também: Vôlei tem inédito aproveitamento de 100% com quatro ouros

Os rapazes dó rúgbi 7 não conseguiram causar nenhum tipo de surpresa. A equipe nacional foi derrotada pelo Uruguai pelas quartas de final do torneio. No sábado, pela fase de classificação, eles haviam conseguido uma vitória e um empate depois de terem apanhado na estreia por 45 a 0 para o Canadá. Acha pouco? Pior é o futebol masculino, que nem da primeira fase passou. A Argentina é a favorita ao ouro aqui.

O basquete masculino seria uma boa chance de medalha para o país não fosse a eliminação precoce do time comandado pelo argentino Rubén Magnano, que nem passou para a disputa de medalhas, terminando com o quinto lugar no pior rendimento da modalidade na história do Pan. No fim, a disputa pelo ouro está entre a seleção anfitriã e a calejada equipe de Porto Rico.

E o quadro de medalhas ?
Mesmo que o México vença as três modalidades deste domingo, a posição do Brasil como terceiro colocado na classificação geral do Pan não será alterada. A equipe brasileira chega ao domingo com 47 medalhas de ouro, 35 de prata e 58 de bronze (140 medalhas no total). Os mexicanos têm 42 ouros, 40 pratas e 50 bronzes (132 no total).

Da mesma forma, os brasileiros não podem mais alcançar os cubanos na vice-liderança. O país caribenho tem uma vantagem de 11 medalhas de ouro no quadro. Os Estados Unidos são os líderes com tranquilidade, com 92 ouros e 234 no total.

Leia tudo sobre: pan 2011brasilatletismorúgbi 7basquete

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG