Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

País festeja 81 ouros e bicampeonato parapan-americano

Brasil superou de longe os Estados Unidos, que ficaram na segunda posição com 51 pódios dourados no México

AE |

selo

Os Jogos Parapan-americanos foram encerrados no último domingo, em Guadalajara, com o Brasil celebrando o primeiro lugar de forma disparada na competição. Com 81 medalhas de ouro, o país superou de longe os Estados Unidos, que ficaram na segunda posição com 51 pódios dourados no México. Os brasileiros já haviam sido campeões no Parapan do Rio, em 2007, e agora festejam o fato de terem obtido um feito inédito em competições paraolímpicas realizadas em terras estrangeiras. 

"Cumprimos a nossa missão em Guadalajara. Essa é a primeira vez que o Brasil vence uma competição multidesportiva fora do País. Isso é uma satisfação imensa. Das 13 modalidades, medalhamos em 12 e ganhamos ouros em nove delas", comemorou o presidente do CPB (Comitê Paraolímpico Brasileiro), Andrew Parsons. 

Além de ganhar 81 ouros, o Brasil ainda contabilizou 61 medalhas de prata e 55 de bronze, o que representou também uma evolução no número de vagas obtidas pelo País nos Jogos Paraolímpicos do próximo ano. "Chegamos a 104 vagas garantidas pelo IPC (Comitê Paraolímpico Internacional) para Londres 2012. Após o Rio 2007, tínhamos 80", acrescentou Parsons. 

A natação foi o esporte que mais ganhou medalhas para o Brasil neste Parapan, com 85 ao total, sendo 33 delas de ouro. Na modalidade, Daniel Dias se consagrou ao subir 11 vezes ao topo do pódio. 

Outro fato a ser destacado nesta edição da competição é que o Brasil assegurou a classificação de quatro novas modalidades aos Jogos de Londres: basquete em cadeira de rodas (feminino), goalball (masculino e feminino), tênis de mesa (10 vagas individuais) e vôlei sentado. 

Ao comentar o desempenho brasileiro no México, o presidente do CPB também aproveitou para revelar as próximas metas do esporte paraolímpico nacional. "Depois que fizemos o planejamento estratégico das 20 modalidades de Londres, e agora com canoagem e triatlo para 2016 (na Paraolimpíada do Rio), pensamos em quatro objetivos: o primeiro lugar no Parapan aqui de Guadalajara (já conquistado), o sétimo em Londres, o primeiro em Toronto (no Parapan de 2015) e o quinto no Rio, em 2016. Trabalhamos focados em resultados e renovação", ressaltou.

Leia tudo sobre: parapan 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG