Comitê prometeu que todas as instalações ficarão prontas a tempo para a abertura dos Jogos, em outubro

O Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara admitiu nesta quarta-feira a existência de problemas econômicos e de infraestrutura para o evento, mas prometeu que todas as instalações ficarão prontas a tempo para a abertura.

A cidade mexicana está construindo ou reformando 23 instalações esportivas para o evento, que vai de 14 a 30 de outubro, quando cerca de 6.000 atletas de 42 países disputarão 36 modalidades.

"O que estamos fazendo é que o governo do Estado [de Jalisco, oeste do México] banque todos os gastos, sobretudo o que tiver relação com a construção de infraestrutura", disse a jornalistas Emilio González, presidente do Copag (Comitê Organizador do Pan).

"Não temos todos os recursos para isso, e estamos realizando alavancagens financeiras e falando com os diferentes fornecedores, explicando os problemas de fluxo que existem."

González disse que ainda faltam ser concluídas as obras no ginásio de handebol, na raia de remo e canoagem e na pista de atletismo. Quanto à Vila Pan-Americana, ela já está 95% pronta, segundo o dirigente, e deve ser inaugurada em 3 de outubro.

"Tudo vai avançando de acordo com um programa, tudo vai estar pronto para o 14 de outubro. Estamos no prazo, as pendências que nos restam vamos resolver sem nenhum problema", prometeu o dirigente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.