Recordista brasileiro de medalhas em Pans fala sobre o novo cargo e período de aclimatação no México

Sebastián Cuattrin, recordista brasileiro de medalhas de canoagem em Pan-Americanos , está em Guadalajara para participar da competição pela 6º vez na carreira. Porém, desta vez ele estreará numa nova situação: fora das águas, como supervisor técnico da seleção brasileira.

Cuattrin fala sobre a nova experiência e se diz confiante no desempenho da equipe do Brasil. “É uma experiência nova para mim. Estive em todos os Pans , desde Havana-91, e agora ficarei do lado de fora. Os atletas vêm conseguindo bons resultados em nível internacional e se prepararam forte para o Pan”, comentou ele, dono de 11 medalhas na competição - uma de ouro, sete de prata e três de bronze.

Atletas brasileiros fazem aclimatação no México
Divulgação
Atletas brasileiros fazem aclimatação no México

Os destaques da delegação brasileira em Guadalajara são a equipe do K4 1000 m, atual campeã do Pan, e Nivalter Santos , bronze no Rio-07 e Campeão Mundial Universitário em 2011, no C1 200 m. Já o time feminino, menos baladado e experiente em competições internacionais, busca medalha inédita. As disputas da canoagem no México valem vaga para as Olimpíadas de Londres, em 2012.

O ex-atleta elogiou o período de aclimatação da seleção para o Pan . “O treinamento e a aclimatação foram muito bons, feitos na Cidade do México e utilizando a pista de Canoagem e Remo Virgílio Uribe, a mais de 2.500 m de altitude. Os treinos foram feitos com muita atenção”, disse Cuattrin.

Nesta quarta-feira, a partir das 12h (horário de Brasília) acontecem as provas do K1 500 m e K4 500 m no caiaque feminino, K1 1000 m e K2 1000 m no caiaque masculino e C1 1000 m e C2 1000 m na canoa masculina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.