Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

"Neymar" do boliche perde e leva medalha de bronze no individual

Marcelo Suartz foi derrotado pelo colombiano Santiago Mejia na semifinal, mas ficou com a primeira medalha do país no individual

iG São Paulo |

Brasil encerra a participação no boliche nos Jogos Pan-Americano de Guadalajara com uma medalha. O estreante Marcelo Suartz, de 24 anos, apontado pelos companheiros de delegação como o "Neymar" do boliche, perdeu a semifinal para o colombiano Santiago Mejia e, como na modalidade não há decisão de terceiro lugar, assegurou um bronze.

Veja o calendário completo do Pan-Americano 2011

Esta é a primeira medalha individual do Brasil no boliche em Pan-Americanos. O país havia subido apenas uma vez ao pódio, em 2007, no Rio de Janeiro, quando Fabio Rezende e Rodrigo Hermes levaram a prata nas duplas.

"Eu estou muito feliz. Trabalhei duro para chegar aqui, foram três anos e meio de preparação intensa. Claro que o ouro era o meu objetivo, mas estou feliz com o bronze de qualquer maneira porque quando alguém de prepara tanto como eu para uma competição, o importante é ganhar uma medalha no final. Estou muito satisfeito", disse Suartz.

Saiba como está o quadro de medalhas do Pan 2011

O resultado concretiza em partes a previsão de Márcio Vieira, mais experiente da equipe com 58 anos e em seu quinto Pan. Ele esperava um bronze, mas contava com a medalha na disputa de duplas. Entretanto, ele e Marcelo Suartz bateram na trave e acabaram em quarto lugar.

Favoritos pelo caminho

Marcelo Suartz surpreendeu para chegar ao bronze desta quinta-feira. Ele chegou ao mata-mata apenas na 12ª colocação entre os 16 classificados e, nas oitavas derrotou o mexicano Alejandro Cruz. Depois, nas quartas, deu o troco no colombiano Jaime Gomes, que havia ficado com o bronze nas duplas. Na semifinal, caiu diante de outro colombiano.

Suartz foi mal na primeira partida da série semifinal e perdeu por 225 a 160. Na sequência, o brasileiro se recuperou e venceu, com 232 a 223. Entetanto, na última partida, o colombiano Santiago Mejia levou a melhor, conquistou a vitória por 217 a 193 e avançou para a final.

"A pista estava muito seca e isso mudou tudo para mim. Então, eu tive que mudar de bola, mas boliche é um esporte incerto. Eu tentei fazer alguma coisa, mas não deu certo. Agora eu já sei o que devo fazer em uma próxima vez", comentou Suartz depois da derrota na semifinal.

Outra surpresa foi a elimação do norte-americano William David O’Neill, um dos melhores do mundo. Já o outro atleta dos EUA, Steven Barnes, perdeu a final e teve que se contentar com a prata. O ouro foi para o algoz do brasileiro, Santiago Mejia. Marcelo Suartz ficou com um bronze e dominicano Manuel Fernandez levou o outro.

Acompanhe todos os resultados dos Jogos de Guadalajara

Brasileira tira candidata ao ouro da briga

As mulheres ficaram longe das medalhas em Guadalajara, mas também deixaram favoritas pelo caminho. Assim como no masculino, era esperado que os Estados Unidos, que dominam o ranking mundial, subissem ao pódio. Classificada às oitavas com a última vaga, Stephanie Martins encarou a norte-americana Kely Kulick, dos Estados Unidos, e venceu a rival. Depois, caiu contra a canadense Carolina Lagrance nas quartas.

Os Estados Unidos devolveram a derrota no individual com Ann Elizabeth Johnson, que passou pela brasileira Marizete Scheer nas quartas e ainda ficou com a medalha de ouro. O pódio foi completado por Nicole Park e Caroline Lagrance, do Canadá, e Karen Marcano, da Venezuela. .

Leia também: Fanático por futebol, Márcio Vieira é a experiência do boliche

Márcio Vieira foi o pior brasileiro no individual. Ele ficou apenas ccom a 25ª na classificação e nem avançou às oitavas.

Leia tudo sobre: pan 2011bolichebrasilmarcelo suartz

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG