Herói do Rio-2007 abre contagem de ouros do Brasil em Guadalajara com vitória nos 400 m medley. Mulheres trazem três pratas

Os quatro anos que se passaram desde os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro não pareceram fazer muita diferença para Thiago Pereira. O  brasileiro começou sua campanha no Pan de 2011, neste sábado, exatamente da mesma maneira como viveu a competição carioca: com medalha de ouro no peito, a primeira do Brasil em Guadalajara.

Leia mais: E Thiago ainda admite que não nadou no limite

Thiago sobrou na prova dos 400 m medley e conquistou seu sétimo ouro pan-americano, após brilhar no Rio de Janeiro com seis títulos. Ele dá mais um passo, assim, rumo ao aguardado recorde que provavelmente tirará do mesatenista Hugo Hoyama , maior vencedor da história do Brasil em Pans, com nove ouros.

Meninas de prata
Mas a coleção de medalhas da natação não foi iniciada só com a habitual vitória de Thiago Pereira: houve ainda mais duas pratas, ambas com mulheres. Após levar um susto nas eliminatórias, quando não o placar eletrônico do Centro Aquático Scotiabank não computou seu resultado , Daynara de Paula, saiu contente com seu segundo lugar nos 100 m borboleta.

Confira o quadro de medalhas atualizado

A terceira medalha brasileira no primeiro dia da natação foi da pernambucana Joanna Maranhão, que teve grande desempenho no nado borboleta e terminou em segundo lugar nos 400 m medley, atrás apenas da norte-americana Julia Elizabeth Smit. Para encerrar a boa participação das garotas na piscina, o revezamento 4 x 100 livre - de Michelle Lenhardt, Daynara de Paula, Flavia Delaroli e Tatiana Lemos - também ficou atrás apenas dos Estados Unidos .


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.