Betinho Duarte lamenta as derrotas de virada sofridas diante de EUA e República Dominicana que interromperam a campanha da seleção

Depois de ter conquistado o título nas três últimas dos Jogos Pan-Americanos , o basquete masculino brasileiro terá de se contentar com a disputa do quinto lugar. O ala-armador Betinho Duarte , que fez em Guadalajara a sua estreia na seleção principal, não escondeu a frustração com a campanha decepcionante no México.

Leia também: Brasil toma nova virada e é eliminado diante da República Dominicana

“Todo mundo está muito chateado, não tem explicação para nossa eliminação”, afirmou o jogador. “Nas horas decisivas em que os adversários apertaram na defesa, não conseguimos jogar. Talvez o pouco tempo de treinamento seja uma das principais causas disso, mas nós sabemos que isso não é desculpa para nada.”

Confira o calendário dos Jogos Pan-Americanos

As derrotas diante de Estados Unidos e República Dominicana que decretaram a eliminação brasileira tiveram enredo semelhante. Em ambas as oportunidades, a seleção conseguiu abrir larga vantagem sobre o oponente no terceiro quarto, mas permitiu a virada dos rivais e deixou a vitória escapar.

Veja como está o quadro de medalhas do Pan

"O mais difícil foi colocar 20 pontos na frente desses adversários e quem consegue isso não pode perde o jogo. É muito difícil explicar esses dois apagões que tivemos sirvam de lição para todos, em especial para os mais novos", disse Betinho.

A disputa do quinto lugar, que ocorrerá neste sábado, será o último compromisso da equipe no Pan. O jogo será contra o Canadá, às 20h30 de Brasília.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.