Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Nadadora brasileira confia que país vai superar marca do Pan 2007

Michelle Lenhardt acredita que a modalidade pode conquistar mais de 25 medalhas

Érico Leonan, especial para o iG, em São Paulo |

Uma das atletas mais experientes da natação brasileira, a recordista Sul-Americana nos 4 x 100 m livre Michele Lenhardt, acredita que o Brasil poderá superar a marca de 25 medalhas conquistadas nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, na edição deste ano, que será disputada na cidade de Guadalajara.

Naquele ano, os atletas brasileiros conquistaram seis medalhas de ouro, seis de prata e nove de bronze. “O Pan do Rio foi um marco para a natação brasileira. O Thiago Pereira quebrou um recorde (conquistou oito medalhas, sendo seis de ouro, uma de prata e uma de bronze) e o Cesar Cielo, com seus resultados, incentivou essa garotada que está chegando aí”, relembrou a nadadora, de 31 anos.

A delegação brasileira de natação, que embarcará para o México no próximo dia 4, contará com 40 competidores. Assim como na última edição, as mulheres serão maioria dentro das piscinas (21 contra 19 homens).

“Este ano, temos uma equipe de alto rendimento. Os atletas estão treinando e competindo sempre e quando entramos na piscina, nosso foco é sempre na medalha de ouro. Acredito que formamos uma equipe com nadadores de ponta, que reúnem todas as condições para superar a excelente marca de 2007”, afirmou.

No Pan de Guadalajara, o Brasil cairá nas piscinas entre os dias 15 e 24 de outubro. A nadadora Michele Lenhardt disputará o Revezamento 4x100m livre.

Leia tudo sobre: pan 2011nataçãomichele lenhardt

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG