Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Mesmo sem Scheidt, vela brasileira entra no Pan como favorita

Apesar de estreantes, substituto do bicampeão olímpico, Bruno Fontes, e a revelação Mattheus Dellagnelo são candidatos ao ouro

Mauricio Nadal, especial para o iG, em São Paulo |

Os Pan de Guadalajara será o primeiro em que a vela brasileira estará desfalcada de seu grande nome dos últimos tempos, Robert Scheidt. O velejador migrou da classe Laser, da qual é bicampeão olímpico, para a Star - categoria que não está no programa do Pan. No entanto, o esporte que tem tradição de conquistar várias medalhas na competição estreia nesta segunda, a partir das 16h (horário de Brasília), confiando em medalhas vindas de seus novos valores.

Ventos fracos fazem velejadores brasileiros perderem peso

Substituto de Scheidt na classe Laser, Bruno Fontes foi medalha de prata na Copa do Mundo, campeão sul-americano da categoria neste ano e está confiante em faturar o ouro em seu primeiro Pan. “Estou muito tranquilo para realizar um ótimo campeonato e trazer a medalha para o Brasil; um ouro, de preferência. Este é, sem dúvida, o melhor ano da minha carreira. Durante esses anos de Laser amadureci e evoluí bastante”, disse Fontes.

Também estreante em Pans, Matheus Dellagnelo, campeão mundial da classe Sunfish em 2011, rejeita o rótulo de favorito, mas quer o título. “Eu sou um dos favoritos e quero muito o ouro. Têm outros cinco ou seis velejadores com boas chances de medalha lá no México. Quem se adaptar melhor ao vento levará vantagem", analisou o velejador de 22 anos.

Confira o calendário da vela em Guadalajara

Nos Jogos do Rio-07 a vela brasileira conquistou sete medalhas - três de ouro, duas de prata e duas de bronze. A meta para Guadalajara é aumentar esse número. "O objetivo é sempre a medalha, não importando a cor, pois isso já é difícil o suficiente. Nossa expectativa é a melhor possível", contou a chefe da equipe, Martha Rocha.

Outro destaque da delegação brasileira da vela é Ricardo Winicki, o Bimba, que vai em busca do tricampeonato pan-americano na classe RS:X. O quarteto da classe J24, formado por Mauricio Santa Cruz, Alexandre Saldanha, Daniel Santiago e Guilherme Hamelmann é o atual campeão no Rio-07 e vai atrás do bi em Guadalajara.

Liderado pelo veterano Cláudio Biekarck, os velejadores da classe Lightning buscam melhorar o bronze conquistado em 2007, mesmo caso de Adriana Kostiw na classe Laser Radial.

Washington Alves/Inovafoto/COB
Ricardo Winicki, o Bimba, busca o tricampeonato da classe RS:X em Guadalajara

Leia tudo sobre: pan 2011velaBrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG