Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Juliana/Larissa vence e encara donas da casa na final na praia

Brasileiras venceram Yantin e Santiago, de Porto Rico, por 2 sets a 0 na semifinal. Agora, faltam até em "comer areia" pelo ouro

iG São Paulo |

As brasileiras Juliana e Larissa estão na segunda final consecutiva de Jogos Pan-Americanos. Medalha de ouro no Rio-07, a dupla, que chegou ao México com o status de favorita, venceu Yantin e Santiago, de Porto Rico, na semifinal desta quinta-feira por 2 sets a 0, com parciais de 21/16 e 21/12.

Leia também: Vôlei de praia terá Brasil x México na semifinal do masculino

Na decisão, as brasileiras, que são as atuais campeãs mundiais e estão perto de mais um título do Circuito Mundial, terão o esperado duelo diante das donas da casa. As mexicanas Garcia e Candelas venceram as norte-americanas Day e Hughes na primeira semifinal do dia, também por 2 sets a 0 (21/12 e 21/14). A disputa pelo ouro no Pan 2011 será nesta sexta-feira, às 17h (horário de Brasília).

Assim como as brasileiras, Garcia e Candelas chegam à final sem perder nenhum set na competição. E quem mais pontou contra as mexicanas foi Galindo/Galindo, da Colômbia, que chegou aos 16 pontos em uma parciais. Além disso, as mexicanas são 31ª colocadas no Circuito Mundial. Juliana e Larissa não esperavam vida fácil e falar até em comer areia pelo ouro.

Acompanhe todos os resultados do Pan-Americano

"Será uma partida dura, sem dúvida, essa final. A Candelas é a jogadora mais alta do Circuito Mundial (tem 1,96m) na atualidade. Elas sabem jogar, não são nada bobas, então teremos que impor o nosso ritmo desde o princípio. É colocar a bola no chão e comer areia, se for preciso", afirmou Juliana.

"Elas jogam em casa, estão supermotivadas e é uma disputa de título. Será uma partida complicada, não há dúvida. Agora é descansar e se alimentar bem para entrar com energia total na decisão", comentou Larissa. Juliana ainda lembrou do histórico diante de Garcia e Candelas. "Já as enfrentamos algumas vezes e ganhamos muito mais do que perdemos. Mas não tem essa de favoritismo. A derrota do Emanuel e Alison na primeira fase nos serviu de alerta", falou.

Juliana, acostumada a pedir o apoio da torcida na arena em Puerto Vallarta, também sabe que vai encarar um cenário diferente na decisão. "Nesta final será Larissa e Juliana contra o México inteiro. A arena estará lotada, mas podemos usar isso contra elas. O curioso é que durante todo o torneio a torcida esteve a nosso favor e agora será contra", disse.

Veja o calendário completo do Pan 2011

No jogo da semifinal, as brasileiras começaram atrás de Yantin e Santiago. O empate veio ainda no começo da partida, no 4 a 4. A partir daí, a vantagem brasileira só aumentou. Com dois pontos de Larissa, um ace e outro no ataque, o Brasil marcou 12 a 7. As portorriquenhas ainda encostaram no 12 a 9, mas logo o Brasil definiu um belo rali e abriu 15 a 11. Juliana, como de costume, pediu a torcida local e a dupla fechou o set em 21 a 16, com erro de Santiago.

Veja como está o quadro de medalhas do Pan 2011

Na segunda parcial, as portorriquenhas ficaram próximas no placar apenas no começo. O Brasil começou a abrir com Juliana na paralela, e 8 a 5 no marcador. Com dois pontos em erros das adversárias, elas fizeram 13 a 7. Dominando a partida, elas venceram por 21 a 12 com um ace de Larissa.

Na outra disputa de brasileiros na praia nesta quinta-feira, mais domínio nacional. Alison e Emanuel passaram pelos uruguaios Williman e Zanotta nas quartas de final por 2 sets a 0. E na semifinal, mais um confronto Brasil x México. Alison e Emanuel vão encarar Miramontes e Virgen às 14h (horário de Brasília) nesta sexta-feira. Quem vencer encara o ganhador do duelo Etchegara/Suarez (Argentina) x Hernandez/Mussa (Venezuela) na final.

Veja como foi o dia do vôlei de praia no Pan:

Leia tudo sobre: pan 2011vôlei de praiabrasiljulianalarissa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG