Tamanho do texto

Equipe não fez conta dos Estados Unidos na estreia e agora encara a Venezuela, nesta terça. A rival perdeu na estreia

A seleção brasileira masculina de Handebol enfrenta a Venezuela nesta terça-feira no Ginásio San Rafael, em Guadalajara, pela segunda rodada da primeira fase dos Jogos Pan-Americanos . A partida será às 23h (horário de Brasília). O Brasil busca o tricampeonato do torneio, após os títulos nos Jogos de Santo Domingo-2003 e Rio de Janeiro-2007. O campeão no México garante vaga nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

A seleção já tem uma vitória em Guadalajara. Na estreia, no último domingo, a equipe comandada pelo espanhol Javier Garcia Cuesta massacrou o Canadá por 46 a 17 (19 a 7 no primeiro tempo). Os artilheiros da partida foram o pivô Vini e o ponta-direita Renato Tupan, com sete gols cada. Já os venezuelanos perderam para o Chile na estreia por 37 a 28 (19 a 12 para os chilenos na primeira etapa).

Apesar do favoritismo, os brasileiros esbanjam cautela. O capitão Léo assistiu ao primeiro tempo da estreia dos venezuelanos e disse que se surpreendeu positivamente com o nível do adversário. "Não podemos entrar em quadra confortáveis, achando que vai ser fácil. A Venezuela é um time rápido e com algumas boas individualidades", comentou. O central afirmou ainda que o ponto fraco do rival de amanhã é a defesa. "Eles são um pouco inocentes nesse setor e é algo que precisamos explorar."

Depois da seleção venezuelana, o Brasil enfrenta o Chile na quinta-feira, às 16h (horário de Brasília), pela última rodada da primeira fase. A equipe está no Grupo A, ao lado de Canadá, Chile e Venezuela. Na Chave B estão México, Estados Unidos, República Dominicana e Argentina.