Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Goleiro argentino pega tudo e Brasil fica com prata no handebol

Seleção masculina não conseguiu superar os rivais argentinos na final do Pan-Americano, perdeu o ouro e a vaga olímpica

Vicente Seda, enviado iG a Guadalajara |

O Brasil parou nas mãos do goleiro Schulz, da Argentina, e perdeu a medalha de ouro na final do handebol masculino dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara . A derrota por 26 a 23, em um jogo emocionante mas extremamente equilibrado, acabou impedindo que a seleção brasileira conquistasse o tricampeonato pan-americano, repetindo os feitos de Santo Domingo 2003 e Rio de Janeiro 2007. O pior prejuízo, contudo, foi a perda da vaga olímpica. Com a derrota, os argentinos estão classificados para os Jogos de Londres, em 2012 .

Leia também: A natação, a organização e as dúvidas

A seleção masculina terá como chance derradeira de ir para os Jogos Olímpicos disputando um Pré-Olímpico mundial, que ocorrerá na Espanha entre 6 e 8 de abril do ano que vem. O Brasil disputará duas vagas ao lado da própria Espanha (terceira colocada no último Mundial), Islândia (sexta colocada) o segundo melhor classificado do Campeonato Europeu, marcado para o próximo mês de janeiro.

Confira o calendário dos Joso Pan-Americanos

Manoel Luís de Oliveira, presidente da Confederação Brasileira de Handebol, não gostou do resultado. “Estou, sim, decepcionado, porque fizemos nossa melhor preparação até hoje e viemos para ganhar. Perdemos o caminho mais fácil para a Olimpíada. Agora vamos jogar um Pré-Olímpico que é muito mais difícil, porque inclui equipes europeias. Mas nada é impossível", disse.

A frustração se dá devido a dedicação que foi dada para esta disputa. O técnico brasileiro, Javier Garcia Cuesta, convocou sua equipe em agosto, os atletas se apresentaram em setembro e realizaram longa jornada de treinos e jogos . Foram 23 dias treinando, intercalando com amistosos contra Tunísia e Cuba (três contra cada seleção).

Após o jogo, o capitão Léo anunciou que este foi seu último jogo com a camisa verde e amarela. "Tem muita gente boa vindo aí. Muitos jogadores jovens. Essa foi minha última partida com a defendendo a seleção brasileira", disse o armador de 34 anos.

Leia também: Com final fácil, Brasil é ouro no handebol feminino

O primeiro tmepo foi lá e cá, com as duas seleções se invertendo na ponta do placar e buscando ampliar a diferença. A Argentina entrou em quadra com o objetivo de parar o ataque brasileiro, aos 20 segundos recebeu a primeira exclusão por dois minutos e em seguida Borges abriu o placar. Aos 6 min os argentinos já haviam recebido duas exclusões por 2min e conseguiam parar o ataque brasileiro.

Ao abrir 5 a 2 o ataque do Brasil perdeu a eficiência e a Argentina encostou no placar. Aos 13 os argentinos passaram a frente pela primeira vez com 6 a 5. Antes dos 15min os 'hermanos' faziam muitas faltas e já tinham três exclusões.

Veja como está o quadro de medalhas

Os brasileiros conseguiram retomar o placar aos 16min, por 7 a 6. Depois de tomar a virada o time acordou e abriu uma diferença de 4 gols, aos 20min fez 11 a 7. Cinco minutos depois a Argentina já havia conseguido diminuir a vantagem brasileira, o placar era de 12 a 10. Faltando dois minutos para acabar o primeiro tempo, o Brasil perdeu a dianteira e a etapa acabou em 15 a 14 para os argentinos.

A segunda metade do jogo foi bem diferente da primeira. A Argentina dominou do começo ao fim, hora com mais vantagem, hora com menos. O goleiro Schulz pegou tudo. O primeiro gol brasileiro só saiu aos 9min, quando o placar apontava 19 a 15

Acompanhe tudo que rola em Guadalajara no tempo real do iG Esporte

A partir dos 15min as defesas do goleiro Maik começaram a entrar e com contra-ataques rápidos o Brasil chegou a diminuir a diferença para dois gols, mas não conseguiu manter e nem dimuir mais. No final os 'hermanos' consgeuiram fechar o jogo com três tentos na frente do Brasil.

Medalha de bronze
Na disputa pelo terceiro lugar, o Chile levou a melhor sobre a República Dominicana, venceu por 27 a 24 e levou a medalha de prata. As duas seleções haviam sido alvos fáceis ante Brasil e Argentina, em suas respectivas semifinais.

Leia tudo sobre: handebolpan 2011brasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG