A chama do Pan foi inaugurada na cidade histórica de Teotihuacan e começa seu revezamento neste sábado

Divulgação
Governador de Jalisco, Emilio Gonzalez, recebe a tocha do Pan das mãos de guerreiro asteca
Com muita pompa e cheia de simbolismos e rituais, a chama dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara , também chamada de "Fogo Novo", foi acesa nesta sexta-feira, nas históricas pirâmides de Teotihuacan, que abrigou a civilização asteca. A partir deste sábado, a tocha pan-americana começará neste sábado sua maratona por 38 cidades do país, até chegar a Guadalajara, sede dos jogos, em 14 de outubro, data da abertura da competição.

"A chama arderá em cada em cada um dos atletas participantes. Tomara que os ilumine para serem campeões e conquistem uma medalha", disse Felipe Muñoz Kapamas, presidente do Comitê Olímpico do México.

Neste sábado, o revezamento da tocha começará na capital do país, na Cidade do México, e a atleta mexicana Paola Langoria, do raquetebol, terá a honra de ser a primeira a transportar o "Fogo Novo". Em seguida, a tocha será entregue ao ex-atleta Daniel Aceves, medalha de prata na luta greco-romana nas Olimpíadas de Los Angeles, em 1984.

No total, a chama do Pan passará pelas mãos de 3.200 pessoas, durante 49 dias, passando por 38 cidades das mais variadas regiões do México.

Ator fantasiado como guerreiro asteca segura a tocha dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara
EFE
Ator fantasiado como guerreiro asteca segura a tocha dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.