Tamanho do texto

Campeão mundial mostrou grande superioridade e não deu chances para o rival dominicano com um nocaute no segundo round

Por nocaute técnico, Everton Lopes eliminou seu adversário
COB
Por nocaute técnico, Everton Lopes eliminou seu adversário
Everton Lopes começou sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara da melhor maneira possível nesta sexta-feira. O campeão mundial da categoria até 64 kg mostrou excelente forma no ringue e derrotou o dominicano Ricardo Garcia com nocaute técnico no segundo round.

Veja também: Fora da competição, boxeador é assassinado na sede do Pan

“Cheguei forte. Tinha que mostrar que estava disposto a tudo, mostrar que sou campeão. Tenho que continuar desta formar, bem disposto ao ouro”, celebrou o pugilista baiano após o triunfo.

Agora, Everton Lopes volta ao ringue contra o Antonio Ortiz, de Porto Rico, pelas quartas de final da competição. O duelo está marcado para as 19h30 (de Brasília) no domingo.

Confira ainda: Mulheres brasileiras do boxe chegam ao Pan como favoritas

O dominicano era considerado um dos principais rivais de Everton Lopes no Pan já que ambos se classificaram na primeira e mais difícil seletiva para o torneio, que distribuiu apenas quatro vagas.

Mas quando a luta começou, Everton Lopes mostrou por que é o boxeador amador mais perigoso da categoria. Depois de estudar Ricardo Garcia, nos primeiros minutos, ele se soltou e encaixou boa sequência de golpes para abrir 6 a 3 logo no primeiro assalto.

Já no segundo round, o brasileiro se soltou ainda mais. E depois de sofrer um forte golpe no corpo, o dominicado não resistiu: caiu na lona e não teve mais condições de voltar. Belo nocaute do campeão mundial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.