Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Emerson Duarte perde bronze no desempate do tiro rápido

Atirador termina prova em quarto lugar. No último dia da modalidade no Pan, brasileiros não conquistam medalhas

Gazeta |

Apesar de ter chegado à final do tiro rápido dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara com a segunda melhor marca, o brasileiro Emerson Duarte não ficou nem com a medalha de bronze. Isso porque, no desempate, ele perdeu do venezuelano Franco di Mauro, que acabou com a terceira colocação.

O principal favorito era o norte-americano Emil Ivanov Milev, vice-campeão olímpico em Atlanta-96, e ele não decepcionou. Com 24 pontos na decisão, garantiu a medalha de ouro e estabeleceu novo recorde pan-americano da prova. A prata ficou com o cubano Juan Francisco Perez, que teve 23 pontos. Di Mauro terminou com 19 pontos e Emerson com 17, em quarto lugar. O outro brasileiro que competiu, Iosef Areas , ficou em décimo.

Apesar de não ter medalha para pendurar no peito, Emerson conseguiu seu melhor resultado em Jogos Pan-Americanos. Em 2007, no Rio de Janeiro, ele foi apenas quinto colocado.

Na prova de carabina três posições feminina, também disputada neste sábado, nenhuma brasileira conseguiu avançar à decisão. Roberta Almeida e Rosane Ewald ficaram, respectivamente, em 19º e em 21º. A vencedora foi a cubana Dianelys Perez.

No skeet, Wilson Zocolotte Júnior e José Pedro Costa não passaram da primeira fase. A prova teve como vencedor o norte-americano Vincent Hancock, seguido pelos cubanos Guillermo Torres e Juan Rodriguez.

Confira o quadro de medalhas do Pan

Desta maneira, o tiro esportivo brasileiro encerra sua participação nos Jogos Pan-Americanos com seis medalhas conquistadas. Destas, cinco foram de bronze e uma foi de ouro, conquistada por Ana Luiza Ferrão na pistola 25 m .

Leia tudo sobre: pan 2011tiro esportivoemerson duartebrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG