Atletas nacionais foram desclassificados em três das quatro modalidades em que competiram nesta terça-feira no México

Daniel Ochoa De Olza/AP
Trio feminino competiu nesta terça-feira em Guadalajara
O dia não foi nada positivo para o ciclismo pista do Brasil. Nenhum atleta da delegação nacional se classificou para brigar por medalhas no Pan-Americano de Guadalajara . Flávio Cipriano até conseguiu passar para as oitavas de finais do masculino por velocidade. Mas acabou desclassificado da disputa pelo ouro. Ele chegou e participar de uma repescagem, entretanto, terminou na última colocação e não continuou na briga por medalhas.

Veja ainda: Hugo Hoyama mantém embalo, vence a segunda e lidera grupo

Na categoria Omnium masculino, a participação do Brasil também foi discreta no primeiro dia de competição. Na primeira parte da disputa, a volta lançada, o brasileiro Robson Dias foi apenas o sétimo colocado. Juan Esteban Arango, da Colômbia, ficou em primeiro lugar. Na segunda rodada de competição, na corrida por pontos, Dias ficou em oitavo lugar. O guatemalteco Manuel Oseas Rodas foi o primeiro colocado. Na eliminatória, Dias foi o sexto colocado.

Feminino

O Brasil não passou da eliminatória na perseguição por equipes feminino. O trio brasileiro, Uenia de Souza , Clemilda Silva e Janildes Silva , ficou em penúltimo lugar, a frente somente das argentinas. A medalha de ouro ficou com o trio canadense. Cuba terminou em segundo a equipe da Colômbia com garantiu o bronze com o terceiro lugar. A Venezuela ficou na quarta colocação.

Veja também: Mais um dia de competição de vôlei de praia no Pan

Na disputa de velocidade feminino, Sumaia Ribeiro terminou na oitava posição. Ela chegou às quartas de finais, mas perdeu o confronto com a colombiana Juliana Gaviria e foi eliminada da briga pelo ouro. Coube à brasileira a competição simbólica que definiu a classificação do quinto ao oitavo lugar.

Nessa disputa, Luz Daniela Gaxiola, do México, terminou em primeiro e ficou em quinto lugar. Dana Rincon Feiss, dos Estados Unidos, ficou com a sexta colocação, seguida por Laura Arias, de Cuba, em sétimo e da brasileira em oitavo lugar. A medalha de ouro ficou com a cubana Lisandra Guerra, seguida pela venezuelana Daniela Larreal e pela colombiana Diana Maria Garcia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.