Ginasta divide com israelense terceiro lugar no solo no Mundial, resultado suficiente para colocá-lo em sua segunda Olimpíada

EFE
Diego Hypólito garantiu vaga nos Jogos de Londres-2012 com a medalha de bronze no Mundial de ginástica
O ginasta brasileiro Diego Hypólito conquistou a medalha de bronze no solo no Mundial de Tóquio, no Japão, nesta madrugada. O resultado lhe valeu a vaga nas Olimpíadas de Londres-2012. Foi a quarta medalha de Diego em Mundiais - ele também tem dois ouros e uma prata, todas no solo.

Na decisão, Diego levou a melhor sobre o chileno Tomas Sepúlveda, que também estará nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México. Sepúlveda, bronze no solo e prata no salto no Pan do Rio-2007, somou 15.333 pontos e dividiu a sexta posição com o romeno Flavius Koczi. No Pan do Rio, Diego foi ouro no solo e no salto e buscará o bi no México.

O ginasta brasileiro foi o primeiro a competir na final do solo do Mundial, e somou 15.466 pontos. O brasileiro liderou a prova até o antepenúltimo atleta se apresentar, justamente o japonês Kohei Uchimura, medalha de ouro no individual geral no dia anterior. Uchimura tirou nota inferior a Diego, mas protestou. Na revisão, os juízes lhe deram 15.633, o que lhe valeu o ouro. Na sequência o chinês Kal Zou somou 15.500 pontos, ficando com a prata. O israelense Alexander Shatilov foi o último a se apresentar e marcou 15.466 como Diego. Os dois dividiram o bronze.

O Mundial do Japão termina no domingo. De Tóquio, a seleções masculina e feminina viajam para Guadalajara, para disputar o Pan.

Leia mais: Acompanhe o Blog Espírito Olímpico

Diego terá nova chance de buscar uma inédita medalha em Olimpíada. Em Pequim-2008, era o grande favorito no solo e decepcionou, ficando em sexto lugar, após cair durante apresentação. O ginasta ainda tentará ajudar a equipe brasileira a garantir vaga em Londres. Décimo terceiro colocado no Mundial, o time brasileiro participará de evento teste em janeiro, quando quatro vagas estarão em jogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.