Tamanho do texto

Modalidade, que surgiu na Espanha durante a Idade Média, não fazia parte da competição desde a edição de Santo Domingo, em 2003

Nesta sexta-feira, começa a disputa da pelota basca nos Jogos Pan-Americanos . A modalidade volta a fazer parte do calendário depois de ficar ausente na edição do Rio de Janeiro, em 2007. Ao lado de patinação velocidade , softbol , raquetebol e beisebol , não contará com representantes brasileiros no México.

A pelota basca, que ainda é uma modalidade distante do cotidiano dos brasileiros, surgiu durante a Idade Média na região basca da Espanha e é dividida em três categorias. Na pelota mano, joga-se com as mãos. A pelota a pala é disputada com uma pá de madeira. Há ainda a cesta a ponta, a qual o atleta amarra uma haste em forma de concha com cerca de 60 cm no braço.

Em todas estas categorias, as regras são as mesmas. Os jogadores devem jogar a bola contra duas paredes que formam um ângulo de 90 graus acima da marcação da linha. A exemplo do que acontece no raquetebol, a bola pode bater no chão apenas uma vez. Os jogos vão até 12 pontos.

A julgar pelo desempenho em Santo Domingo, na última vez que fez parte do Pan, os mexicanos são os grandes favoritos na pelota basca. Isso porque eles conquistaram três medalhas de ouro em seis possíveis. Além disso, faturaram três pratas.

O primeiro confronto da pelota basca começará às 12h (horário de Brasília) e colocará frente a frente EUA e Argentina na pelota mano individual. A disputa por medalhas acontecerá nos dias 26 e 27.