Tamanho do texto

Jovem pivô da seleção feminina de basquete tem sua história de superação contada na produção da empresa norte-americana

nullConvocada pelo técnico Ênio Vecchi para defender a seleção brasileira de basquete nos Jogos Pan-Americanos , Damiris do Amaral estrela o documentário “É Possível”, lançado pela Nike. O vídeo (veja ao lado) tem aproximadamente oito minutos de duração e mostra histórias de superação de novos atletas e artistas do cenário nacional.

Damiris transferiu-se recentemente para o Celta de Vigo, da Espanha. Mas no início da carreira, tinha que encarar duas horas de viagens de trem para chegar aos treinos. O esforço transformou a pivô em uma das maiores promessas do basquete nacional: em 2011, com apenas 18 anos, conduziu a seleção brasileira ao terceiro lugar no Mundial Sub 19 do Chile, além de ter sido eleita a melhor jogadora da competição .

O basquete conta ainda com um outro representante no documentário. Trata-se de Raulzinho Neto, armador de 19 anos que disputou pela seleção brasileira o Mundial da Turquia em 2010 e o Mundial Sub 19 da Letônia , em 2011.

Raulzinho não está na lista de convocados da seleção masculina para o Pan – que busca em Guadalajara o quarto ouro consecutivo nos Jogos. Damiris, por sua vez, embarca no dia 15 para o México com o restante da equipe feminina, que ficou com a prata na edição de 2007.

O torneio feminino de basquete no Pan ocorrerá entre os dias 21 e 25 de outubro. A disputa entre os homens será realizado logo em seguida, entre os dias 26 e 30.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.