Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Cruz Nonata fatura a prata nos 10 mil feminino

Resultado garante a segunda medalha do atletismo nacional nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara

iG São Paulo |

Vipcomm
Cruz Nonata durante a final dos 10 mil metros, prova em que conquistou a medalha de prata
A brasileira Cruz Nonata garantiu a medalha de prata nos 10.000 m rasos dos Jogos Pan-Americanos. Ela terminou a prova atrás da mexicana Marisol Guadalupe Romero, que ganhou o ouro com o tempo de 34min07s23. A anfitriã liderou por quase todo o percurso e foi amplamente apoiada pela torcida local durante toda a corrida. A colombiana Yolanda Beatriz Caballero cruzou a linha de chegada na terceira colocação e ficou com o bronze.

Leia ainda: Com bronze, Joilson Silva é o terceiro medalhista do atletismo

Esta foi a segunda medalha do atletismo brasileiro. Apesar do apoio farto, a Marisol ficou longe de bater o recorde dos Jogos Pan-Americanos, que é de 32min54s41 e pertence à americana Sara Slattery, que cravou a marca no torneio de 2007, no Rio de Janeiro.

Incentivo em família

Cruz Nonata dedicou a medalha ao irmão que o incentivou na carreira de fundista. Ela revelou que começou no esporte jogando futebol com os irmãos em sua cidade natal, Teresina, no Piauí. A resistência que tinha para correr por muito tempo sem cansar fez um dos irmãos, Raimundo Nonato, que praticava corrida de rua, a incentivasse a participar. Com 30 anos, Cruz passou a se dedicar a percursos de média e longa distância.

Veja também: Com arrancada no final, Adriana da Silva leva o ouro na maratona

“Por isso dedico essa prata a meus irmãos, além do Raimundo tem o Domingos, que sempre me incentivaram a correr. É muita felicidade conseguir um pódio, uma medalha, logo no primeiro Pan. O pessoal lá no Piauí deve estar vibrando”, disse a brasileira de 37 anos.

Acompanhe o quandro de medalhas completo dos Jogos Pan-Americanos

Cruz Nonata ainda não sabe se correrá os 5 mil metros. “Preciso ver como vou estar fisicamente, porque recentemente participei da maratona de Chicaco e cheguei cansada aqui em Guadalajara. Por isso que esse resultado hoje até me surpreende. Só me cansei na parte final, quando já tinha uma boa vantagem para as outras competidoras", afirmou a fundista.

Siga o blog de Maurren Maggi com posts direto de Guadalajara

Ela só lamentou não pegar a vencedora da prova, Marisol, que levantou o estádio de atletismo no primeiro dia de competições. “Ela disparou. Usei a estratégia de ficar ali quietinha, esperando a reação das outras corredoras, mas a mexicana acabou abrindo e tive que me preocupar com as demais”, revelou Cruz.

Leia tudo sobre: Pan 2011atletismo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG