Logo na primeira edição da competição continental, em 1951, modalidade garantiu medalha para o Brasil

Assim como na maioria dos esportes olímpicos, o polo aquático é dominado pela supremacia norte-americana. Ao longo das edições, os Estados Unidos colecionam 12 medalhas de ouro e teve presença em todos os pódios. Porém, apesar de pouco difundido no Brasil, a modalidade já garantiu nove medalhas para o país .

Rogério Romero: A desorganização do Pan de Guadalajara

Logo na primeira edição dos Jogos Pan-Americanos , em 1951, a seleção brasileira masculina conquistou a medalha de prata. Em 1959, em Chicago, o Brasil levou o bronze. E na edição seguinte, em 1963, conseguiu ficar com o título da modalidade. Naquele ano, em São Paulo, a seleção derrotou justamente os Estados Unidos para conquistar o ouro.

Em 1967, novamente prata para o Brasil, antes de amargar um pequeno jejum na competição continental. O polo aquático brasileiro só voltou a subir no pódio em 1987, nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, ao levar para casa a medalha de bronze. O mesmo aconteceu nas edições de 1991, 1999 e 2003 (estas duas últimas no feminino).

O Brasil ficou com a prata novamente em 1995, 2003 e 2007. A delegação brasileira partirá rumo a Guadalajara no próximo dia 8, em busca de mais medalhas, mas só fará sua estreia na competição no dia 23 de outubro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.