Nadador do Flamengo acredita que favoritismo pesará a seu favor: "É bom não ter que superar alguém"

nullDuas medalhas de ouro no Mundia de Natação , em Xangai. Para finalizar o ano, mais quatro ouros nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. O currículo e as marcas alcançadas por Cesar Cielo fazem com que o nadador seja uma das grandes esperanças do Brasil nas Olimpíadas de 2012, em Londres . Mas nem essa responsabilidade atrapalha o atleta do Flamengo . Após um ano turbulento, com advertência por doping , o atleta diz que está mentalmente preparado para o bi olímpico.

Leia mais: Cielo minimiza problemas no Pan e exalta nova geração brasileira

"Esse favoritismo é uma coisa que venho passando nos últimos anos, e as Olimpíadas são uma competição como o Mundial, com os mesmos atletas, só que com um glamour maior. Me sinto pronto, pois ao mesmo tempo em que entro como favorito, me sinto melhor por pensar exclusivamente em melhorar. É bom não ter que superar alguém. Quero treinar como nunca treinei. Depois desse ano, aprendi muita coisa, mentalmente me sinto preparado, agora é a parte física", declarou Cesar Cielo.

Veja também: Brasil vence revezamento e crava melhor Pan da história na natação

Mesmo com as duas semanas de férias que terá a partir do começo de novembro, para descansar após um ano de problemas fora das piscinas e conquistas dentro delas, Cielo não acredita que terá dificuldade para recuperar a melhor forma física. Até o ano que vem, o nadador não deve competir mais, mantendo apenas treinamentos leves.

Leia também: Thiago Pereira domina 200 m costas, ganha ouro e quebra recorde

"Terei esses 15 dias de férias agora, mas nunca tive problema para recuperar a melhor forma. Ganho peso rápido e perco bem rápido também, mas não é algo que me preocupa. Sempre passei por isso. Temos oito meses para Londres, um bom tempo para construir um treinamento e recuperar a boa forma física de novo. Meu planejamento é que em março, final de fevereiro, já esteja no auge, com o percentual de gordura e peso ideal para as Olimpíadas", disse o nadador do Flamengo.

Veja mais: Estrela do Pan, César Cielo divide tietagem com desconfiança

Cielo exibe as quatro medalhas de ouro conquistadas no Pan-Americano
Alexandre Vidal/Fla Imagem
Cielo exibe as quatro medalhas de ouro conquistadas no Pan-Americano

Cielo também comentou a suposta aposta com o treinador Alberto Silva, de que se vencesse os 50 m livre com um tempo abaixo de 21.30, o técnico teria que cortar a barba. Cielo venceu, mas com o tempo de 21.58. Porém, segundo ele, a aposta não era exatamente essa.

Leia mais: Cielo pensa em férias e vai priorizar eventos de patrocínio

"O Alberto que se empolgou quando eu estava saindo dos 100 livre, não esperava nadar tão baixo assim, era outro tempo. Não muito diferente desse, mas era outro (risos). Acho que a prova foi boa e não muito boa ao mesmo tempo. Tive uma saída um pouco ruim e precisei respirar. Agora vou treinar e aproveitar o bloco com a rampa das Olimpíadas e fazer a prova sem respirar", finalizou Cielo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.