Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

CCE fecha dia em 3º por equipes e fica perto de Londres

Cavaleiros do Brasil disputam neste domingo a prova de saltos, última do circuito e que definirá o pódio do Pan

iG São Paulo |

Wender Roberto/Inovafoto/COB
Marcelo Tosi e a equipe do Brasil está na 3º posição no CCE
Os cavaleiros brasileiros do CCE (Concurso Completo de Equitação) seguem na briga por uma medalha em Guadalajara . Após o segundo dia de competições, com as provas de cross country, a equipe do Brasil permanece na 3º posição, com 189.8 pontos perdidos até aqui. Caso mantenham essa colocação na prova de saltos neste domingo, ficam com o bronze e conquistam a vaga para Londres-2012.

A disputa é liderada pelos Estados Unidos (138,60), seguidos pelo Canadá (160,50), ambas as equipes já tem vaga assegurada nas Olimpíadas, o que anima o time do Brasil. "Viemos para cá com o objetivo de garantir um lugar nos Jogos Olímpicos e estamos muito próximos disso", comentou Márcio Jorge .

Acesse o blog do Rogério Romero

A dificuldade da prova de cross country, que eliminou 17 dos 49 competidores, foi lembrada pelos competidores brasileiros. "Uma corrida classificatória para Londres 2012 não pode mesmo ser fácil, mas o calor tornou a prova ainda mais complicada", disse Marcelo Tosi .

Dos cinco cavaleiros brasileiros, apenas Jesper Martendal completou a prova sem penalidades. Ele correu o circuito em menos de 9m30s e não derrubou nenhum obstáculo. O brasileiro mais bem classificado na disputa individual é Serguei Fofanoff , que está na 11º posição ,com 61,80 pontos perdidos.

Lembrando que a modalidade CCE é composta por três provas: adestramento, cross country e saltos. A média das pontuações das três competições decide o pódio do Pan .

Os cavaleiros brasileiros retornam à arena de hipismo neste domingo para a disputa de saltos, que definirá as medalhas do CCE no Pan-Americano .

Leia tudo sobre: pan 2011cceBrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG