Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Brasileiras desencantam no 2º tempo e batem Costa Rica

Com gols de Debinha e Thais, seleção marca 2 a 1 e agora decide liderança do grupo com canadenses

iG São Paulo |

A seleção brasileira de futebol feminino dominou completamente a partida contra a Costa Rica nesta quinta-feira, pela segunda rodada dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara , mas sofreu para superar a goleira Arroyo. Foi assim durante todo o jogo, com exceção de um intervalo de dois minutos no segundo tempo, que foi o suficiente para o Brasil marcar dois gols e assegurar a vitória que vale classificação às semifinais. Já nos acréscimos, as costa-riquenhas diminuíram com Shirley Cruz, de falta, para fechar o placar em 2 a 1.

Leia também: Brasil cede empate para a Argentina

A seleção dirigida por Kleiton Lima garantiu sua segunda vitória na competição e, no sábado, decide a primeira posição de seu grupo diante das canadenses, que também têm seis pontos.

O primeiro tempo foi de predomínio da seleção brasileira. Logo aos 5min Daniele recebeu cruzamento e testou para o gol, mas a goleira conseguiu fazer fácil defesa. Aos 11min foi a vez de Rosana receber cruzamento e cabecear, dessa vez a bola passou bem perto da trave e saiu pela linha de fundo.

Um minuto depois foi Francielle quem tentou. Ela recebeu na entrada da área, driblou uma zagueira e chutou para o gol. Arroyo se esticou e espalmou a bola.

A primeira vez que o Brasil balançou a rede foi aos 13min. Francielle chutou de longe e, no rebote, Rosana cabeceou para o gol, mas a bandeirinha marcou impedimento. Mais um lance de perigo saiu na marca dos 21min, Maurine bateu falta do lado esquerdo do campo, Arroyo esperava cruzamento e foi surpreendida, a bola foi para o gol e bateu no travessão. No rebote, Francielle isolou.

Leia também: Ney Franco detona gramado sintético do estádio do Pan-Americano

Thaisinha quase abriu o placar aos 25min. Ela recebeu na entrada da área, avançou entre duas zagueiras e na hora de chutar pegou mal e a bola foi em cima da goleira. Aos 30min Daniele recebeu na área e encobriu a goleira. A bola subiu mais do que devia e bateu na trave.

De novo Daniele, aos 35min, ela recebeu na direita da grande área, Arroyo saiu, a atacante driblou a goleira, mas foi travada na hora de chutar. No intervalo do jogo Kleiton Lima, técnico da seleção brasileira, tirou Daniele e colocou Debinha.

No segundo tempo a seleção brasileira produziu bem menos, mas foi mais eficiente. Aos 14min de bola rolando na segunda etapa, Debinha recebeu cruzamento na área e completou para o gol. Três minutos depois Thaisinha ampliou o placar. A meio-campista foi cruzar, errou e a bola foi direto para o gol. Arroyo não conseguiu chegar na bola.

No primeiro lance de perigo da Costa Rica, aos 48min, Shirley Cruz conseguiu marcar e diminuir o placar. Cruz bateu falta fora do alcance da goleira Bárbara, que saltou, mas não conseguiu nem relar na bola. E acabou assim em 2 x 1 para o Brasil.


FICHA TÉCNICA – BRASIL X COSTA RICA

Local: Estádio Omnilife
Data: 20 de outubro de 2011, terça-feira
Horário: 20h00 (de Brasília)
Árbitro: Jessica Salome Di Iorio (ARG)
Assistentes: Mayle Ivonne (MEX) e Rita Muñoz (BRA)
Renda e Público: Não divulgado
Cartões amarelos: Florencia Maria e Gabriela Lujan Barrios (ARG) Thais Guedes (BRA)

GOLS
Brasil: Debinha, aos 14 minutos e Thaisinha aos 17 minutos do 2º tempo

BRASIL: Bárbara; Maurine, Tania Maranhão, Daiane e Rosana; Francielle, Formiga, Daniele (Debinha) e Thais; Karen e Andreia
Técnico: Kleiton Lima

COSTA RICA: Arroyo; Rodriguez (Quiros), Saens, Villalobos e Cruz; Venegas, Shirley Cruz, Rodriguez e Ugalde; Alvarado e Acosta
Técnico: Karla Aleman
 

Leia tudo sobre: futebolpan 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG