Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Brasil tem melhor dia nas eliminatórias do judô e vai a 3 finais

Leandro Cunha, Bruno Mendonça e Rafaela Silva brigam pelo ouro. Já Katherine Campos disputa o bronze

iG São Paulo |

O judô brasileiro continua com uma performance de alto nível nos Jogos Pan-Americanos. Nesta sexta-feira, três lutadores verde-amarelos venceram todos os combates das eliminatórias e avançaram para a decisão: Leandro Crunha (até 66 kg), Bruno Mendonça (73 kg) e Rafaela Silva (até 57 kg). Já Katherine Campos (até 63 kg) briga pelo bronze na repescagem.

Veja também: Camilo e Guilheiro vencem todas por ippon e levam ouro no judô

Leandro Cunha estreou contra o canadense Sasha Mehmedovic e precisou de nada menos do que três ippons para vencer. Os dois primeiros foram anulados pelos auxiliares depois da marcação do árbitro, mas o terceiro foi mantido pelo árbitro. Já na semifinal, Leandro lutou contra o mexicano Francisco Carreón e voltou a vencer com a pontuação máxima do judô após aplicar um uchimata.

Confira ainda: Tiago Camilo desabafa com ouro e fala em redenção após críticas

Bruno Mendonça teve um pouco mais de dificuldades na categoria até 73 kg. Apesar disso, o atleta se classificou para a decisão depois de conseguir duas vitórias: sobre o chileno Fernando Salazar e sobre o canadense Nicholas Tritton.


Leia também: Guilheiro encerra “inferno astral” com o ouro no Pan de 2011

Famosa por ter sido revelada em um projeto social na Cidade de Deus, Rafaela Silva foi outra que comprovou o favoritismo com autoridade. Vice-campeã mundial, a carioca derrotou a canadense Joliane Melançon por ippon nas estreia. Em seguida, selou a vaga na decisão após superar Yadinys Amaris, da Colômbia.

Confira o quadro de medalhas completo do Pan

Katherine Campos foi a representante do país na categoria meio-médio feminino (63 kg). Em seu primeiro combate ela venceu Jéssica Garcia, de Porto Rico, por dois yukos. Mas depois ela encarou a mexicana Karina Acosta e perdeu após punição controversa por falta de combatividade. Com isso, terá que brigar pelo bronze na repescagem.

O resultado confirmou o melhor dia do Brasil nas eliminatórias dos Jogos Pan-Americanos. Isso porque é a primeira vez que o país chegou a três finais em um só dia desde o início do judô na quarta-feira.

Leia tudo sobre: Pan 2011jusôLeandro CunhaBruno MendonçaRafaela SilvaBrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG