Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Brasil ignora velódromo do Rio em preparação para ciclismo do Pan

Equipe de ciclismo em pista preferiu Maringá e o intercâmbio com atletas franceses no lugar da obra de R$ 14 milhões

iG São Paulo |

É de se supor que uma pista que custou R$ 14 milhões, teve planejamento detalhado para receber competição internacional e foi considerada uma das melhores do continente sirva para fomentar o esporte nacional e ajudá-lo a ser mais competitivo em disputas internacionais.

Mas, com quatro anos de idade, o Velódromo do Rio de Janeiro, além de passar a maior parte desse tempo ocioso, foi preterido pela equipe brasileira do ciclismo pista que disputará os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara em sua preparação final.

Veja ainda: Siga todos os eventos que rolam no México

E isso justamente no ano em que a Confederação Brasileira de Ciclismo fez questão de destacar a qualidade inédita na preparação, com direito a intercâmbio de atletas com a federação francesa. “Fizemos uma preparação jamais vista no Brasil, escolhemos cinco atletas para poder realizar este intercâmbio na França e acreditamos muito que podemos conquistar resultados expressivos nesta competição (o Pan)” comentou Emerson Silva, auxiliar técnico da equipe brasileira, que usou o velódromo de Maringá na preparação.

Confira o quadro completo de medalhas do Pan

Com demolição prevista para dar lugar ao novo velódromo que abrigará as competições dos Jogos Olímpicos de 2016, o espaço atual ficou mais de um ano e meio sem uso pouco depois do Pan do Rio de Janeiro em 2007: de março de 2008 a novembro de 2009.

A pista do velódromo carioca é em pinho siberiano - madeira escolhido em função de ser maisrígida e resistente a cupins, além de menos sensível a variações climáticas - e tem 250 m de extensão por 7 mde largura. Durante todo esse tempo, no entanto, a estrutura caprichada se limitou a circundar atividades como treinos de luta greco-romana, taekwondo, judô e levantamento de peso.

Veja também: acompanhe o calendário de provas da competição

Se não serve para as Olimpíadas, também não serviu para colocar o Brasil em destaque, nem mesmo no cenário continental. O país não conseguiu nenhuma medalha de ouro nas competições de pista do su- americano de ciclismo disputado em Medellín, na Colômbia, em 2010. Foram sete medalhas, duas de prata e cinco de bronze, entre as competições masculinas e femininas.

As competições em pista serão disputadas de 17 a 20 de outubro.

Confira abaixo a equipe brasileira que competirá na categoria Pista:

Masculino
Murilo Fischer, Armando Camargo, Gideoni Monteiro, Tiago Nardin, Robson Ribeiro Dias e Flávio Cipriano

Feminino
Sumaia Ali dos Santos, Janildes Fernandes Silva, Uênia Fernandes de Souza, Clemilda Fernandes Silva e Valquiria Bento Pardial (Reserva)

Leia tudo sobre: ciclismo pistapan 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG