Brasileira Squel caiu na volta de classificação, foi ao hospital realizar exames e está em observação

A disputa do ciclismo BMX não foi boa para o Brasil. Além de ficar sem nenhuma medalha, a equipe brasileira ainda viu a ciclista Squel Stein cair na primeira bateria feminina dos Jogos Pan-Americano e bater a cabeça no chão. Squel foi levada para um hospital na cidade para realizar alguns exames, que não acusaram nada. O ouro do masculino ficou com o americano Connor Evan Fields e no feminino com a colombiana Mariana Pajon.

Veja como está o quadro de medalhas do Pan

No hospital, Squel realizou uma tomografia completa na coluna cervical, que não constatou nenhuma irregularidade. Porém, os médicos pediram que a ciclista ficasse por algumas horas em observação, antes de voltar a Vila Pan-Americana e se juntar aos demais atletas.

O Brasil teve duas chances de medalhar no ciclismo BMX. No masculino com Renato Rezende , que só conseguiu o quinto lugar. Os Estados Unidos fizeram dobradinha, Connor foi o melhor e Nichola James Long ficou com a prata. O bronze foi para o colombiano Andres Eduardo Jimenez.

Acompanhe em tempo real tudo que acontece em Guadalajara

Naiara Silva foi quem representou a seleção brasileira na final feminina. Ela foi a sexta melhor. A colombiana Mariana faturou outro ouro para o seu país no ciclismo, das oito medalhas de ouro que a Colômbia tem, sete sairam do ciclismo. A prata foi dos Estados Unidos, com Arielle Martin e o bronze ficou com a argentina Mariana Gabriela Diaz.

Além de Squel, que se machucou e não participou da final, o brasileiro Deivlim Balthazar também não conseguiu se classificar e entrar na disputa por medalha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.