Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Brasil encerra campanha no caratê com mais uma medalha de bronze

Carateca Valeria Kumizaki perdeu semifinal e Brasil encerra campanha no Pan com um ouro e três bronzes na modalidade

iG São Paulo |

A carateca brasileira Valeria Kumizaki perdeu na smeifinal para a americana Shannon Nishi e ficou com a medalha de bronze na categoria até 55 kg dos Jogos Pan-Americanos . Além da semifinal, Valeria lutou outras três vezes pelas preliminares da competição, na qual venceu duas de três lutas. A carateca encerra a campanha do Brasil na modalidade, que no total faturou uma medalha de ouro e três de bronze..

Confira no blog do Rogério Romero como foi o desempenho da natação brasileira no Pan

Na semifinal, a brasileira não conseguiu superar a americana e foi vencida por 3 pontos a 1. Shannon vai disputar a medalha de ouro contra a dominicana Karina Diaz, ainda neste sábado.

O primeiro confronto de Valéria foi contra a cubana Yanelsis Gongora e a brasileira venceu por 1 a 0. Depois fez 4 a 0 na equatoriana Jaqueline Factos e perdeu a última luta, que foi contra a dominicana Karina dias, por 1 ponto a 0.

Veja o calendário de disputas do Pan-Americano

Na modalidade de caratê do Pan-Americano não há disputa por terceiro lugar, portanto, com a ida para a semifinal, a carateca brasileira já assegurou, ao menos, medalha de bronze, caso perca para a americana.

Acompanhe como está o quadro de medalhas da competição

Balanço final
Ainda nas disputas de caratê de sexta-feira, o Brasil conquistou medalha de ouro com a carateca Lucélia Ribeiro , na categoria até 61 kg, e mais duas de bronze . Uma com Douglas Brose , marido da Lucélia, na categoria até 60 kg, e a outra com Jéssica Dalt , até 50 kg. Fechando assim a participação do caratê brasileiro em Guadalajara.

Leia tudo sobre: caratêValeria Kumizakipan 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG