Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Brasil dá vexame e está fora do Pan

Seleção Sub 20 de Ney Franco perdeu da Costa Rica por 3 a 1 e deu adeus ao Pan de Guadalajara

iG São Paulo |

Reuters
Vega marcou o primeiro da Costa Rica aos 40 segundos de jogo
Com uma campanha pífia no México, a seleção brasileira Sub 20 está fora dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara . O Brasil foi derrotado pela Costa Rica, nº 62 no Ranking da FIFA, por 3 a 1 e foi eliminado ainda na primeira fase da competição.

O retrospecto do Brasil no Pan foi irregular desde a estreia, quando empatou com a Argentina em 1 a 1. No segundo jogo veio outro empate, dessa vez contra a inexpressiva seleção de Cuba, por 0 a 0. Para finalizar a terrível campanha do Brasil veio a derrota e eliminação no último jogo, frente aos costarriquenhos.

Confira o calendário do Pan

O time comandado por Ney Franco entrou no estádio Omnilife contra a Costa Rica com a obrigação da vitória. Com 3 pontos, o time da América Central jogava pelo empate frente à seleção brasileira sub 20, que tinha apenas dois. A Argentina venceu Cuba neste domingo por 1 a 0 e chegou a sete pontos, assegurando a ponta do Grupo B.

A Costa Rica enfrenta nas semifinais a seleção mexicana, 1º colocada do Grupo A. O jogo acontece no Estádio Omnilife na próxima quarta-feira, dia 26 de outubro.



O jogo
A partida mal começou e o Brasil já estava atrás no placar. Após erro de passe na defesa, Vega completou cruzamento da esquerda e abriu o placar para a Costa Rica, aos 40 segundos de jogo.

O drama brasileiro só aumentou quando o capitão do Brasil, Lucas Zen , do Botafogo, deu uma voadora no jogador costarriquenho e foi expulso direto. Para piorar, aos 21min, o camisa 9, Mc Donald cortou dois defensores do Brasil e bateu no alto do goleiro Cesar , fazendo um belo gol.

Leia mais: Seleção feminina empata com Canadá e pega o México nas semifinais

O pesadelo brasileiro parecia não ter fim. Após batida de escanteio, o zagueiro Rodrigo Santos praticamente ‘espalmou’ a bola e o juiz deu pênalti. Visivelmente descontrolado, o garoto ainda insinuou que o árbitro estava louco. Ney Franco substituiu Rodrigo rapidamente, colocando Sebá em seu lugar. Na batida do pênalti, Mc Donald mandou na trave e perdeu a chance de marcar o terceiro para a Costa Rica.

A seleção esboçou uma reação aos 30 minutos. Henrique , do São Paulo, recebeu passe de Cidinho e chutou na saída do goleiro Briceño, descontando para o Brasil. Porém, no fim do primeiro tempo veio o terceiro gol da Costa Rica. O centroavante Mc Donald, destaque da partida, recebeu dentro da área e ampliou para os costarriquenhos, aos 43.

O Brasil voltou para a segunda etapa com a árdua missão de fazer três gols para se classificar para as semifinais do Pan. Ney Franco até discutiu com o juiz, reclamando de dois pênaltis não dados para a seleção. No entanto, mesmo controlando a posse de bola, o Brasil teve poucas chances de gol e o placar não se modificou.

FICHA TÉCNICA – BRASIL 1 X 3 COSTA RICA
Local: Estádio Omnilife
Data: 23 de outubro de 2011, domingo
Horário: 23h00 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Arellano (MEX)
Assistentes: Marcos Quintero (MEX) e Christian Lescano (EQU)
Renda e Público: Não divulgado
Cartões amarelos: Rodrigo Santos, Cidinho e Luccas Claro (BRA); Derrick, Gualberto e Rojas (CRC)
Cartões vermelhos: Lucas Zen (BRA)

BRASIL: César; Madson, Luccas Claro, Rodrigo Santos (Sebá) e Henrique Miranda; Lucas Zen, Misael, Felipe Anderson e Cidinho; Felipe Amorim (Rafael)  e Henrique
Técnico: Ney Franco

COSTA RICA: Briceño; Smith, Derrick, Gualberto (Sanchez) e Mora; Blanco, Davis, Flores (Viales) ,Brown e Vega; Mc Donald (Villalovos)
Técnico: Carlos Watson
 

Leia tudo sobre: pan 2011futebolseleção brasileirabrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG