Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Atletismo pode recuperar hegemonia dourada no Pan

Modalidade disputa com natação ponta no quadro de medalhas do Brasil em Guadalajara. São três de ouro de diferença por enquanto

Marcel Rizzo e Vicente Seda, enviados iG a Guadalajara |

Modalidades nobres de Jogos Pan-Americanos ou Olimpíadas, atletismo e natação disputam neste Pan de Guadalajara qual será a mais dourada para o Brasil. Comandados por Cesar Cielo e Thiago Pereira, a natação faturou dez ouros e, por enquanto, supera em três os atletas de pistas e saltos, que ganharam sete - em 2007, no Rio, os nadadores venceram por dez a nove.

Leia mais sobre natação e sobre o Pan no blog do Rogério Romero

O atletismo ainda terá em disputa 14 medalhas até domingo, sendo que em ao menos três o Brasil tem boas chances, o que igualaria o quadro – há, porém, possibilidade de ultrapassar em ouros, o que é necessário para vencer a nataçãoi, já que terá menos de prata. O atletismo recuperaria a hegemonia entre as modalidades brasileiras perdida no Rio – vencia sempre desde Havana, em 1991. A situação poderia até estar melhor se Fabiana Murer tivesse confirmado o favoritismo no salto com varas (foi prata).

Saiba mais sobre o atletismo e os bastidores do Pan no blog da Maurren Maggi

Nesta sexta, o Brasil pode faturar ouro nos três mil metros com obstáculos, com a favorita Sabine Heitling, no salto com varas masculino, no qual Fábio Gomes da Silva tenta o bi, e ainda há os revezamentos 4x100 masculino e 4x100 feminino, que não são favoritos, mas podem aparecer como zebra principalmente entre as mulheres. No domingo, o Brasil ainda entra sempre como protagonista na maratona entre os homens (Solonei Silva e Jean da Silva estão inscritos).

AP
Surpresa no atletismo, Ana Claudia Lemos faturou ouro inédito nos 200 m

Outros esportes, como judô e ginástica artística, ainda estão em disputa e o Brasil tem boas chances de medalhas de ouro. Os judocas podem ganhar mais sete e os brasileiros são favoritos em duas categorias (Leandro da Cunha, até 66 kg, e Rafaela Silva, até 57 kg). As demais brigam bem e o judô deve superar a vela na terceira posição.

Veja como está o quadro de medalhas atualizado do Pan 2011

Na ginástica, nesta sexta-feira Diego Hypólito pode faturar mais um ouro em Guadalajara, no salto. Dessa forma a modalidade igualaria a outra ginástica, a rítmica, que ainda estaria em vantagem em bronzes (3 a 0, com 1 a 1 em prata). Mesmo assim ainda há chance de outro ginasta faturar mais uma medalha e confirmar a quarta posição.

No quadro brasileiro há novidades como a primeira medalha de ouro em levantamento de pesos e a péssima participação do taekwondo, que levou apenas um bronze quando projetava até três ouros. Veja abaixo a classificação entre as modalidades do Brasil até agora (com asterisco as modalidades ainda em competição):

Modalidade Ouro Prata Bronze Total

Natação

10 8 6 24

Atletismo*

7 3 6 16

Vela

5 1 1 7

Ginástica Rítmica

3 1 3 7

Judô*

3 1 3 7

Ginástica Asrtística*

2 1 0 3

Vôlei de praia

2 0 0 2

Handebol

1 1 0 2

Tiro Esportivo

1 0 4 5

Triatlo

1 0 1 2

Patinação Artística

1 0 1 2

Vôlei*

1 0 0 1

Levantamento de peso

1 0 0 1

Tênis de mesa

1 0 0 1

Remo

0 2 0 2

Tênis

0 1 1 2

Luta

0 1 1 2

Pentatlo Moderno

0 1 0 1

Ginástica de Trampolim

0 1 0 1

Futebol

0 1 0 1

Maratona Aquática

0 1 0 1

Boxe*

0 0 5 5

Nado Sincronizado

0 0 2 2

Basquete*

0 0 1 1

Boliche

0 0 1 1

Badminton

0 0 1 1

Caratê*

0 0 1 1

Taekwondo

0 0 1 1

Squash

0 0 1 1

Esqui aquático

0 0 1 1

Esgrima

0 0 1 1
 
Leia tudo sobre: pan 2011medalhasbrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG