Os atletas do país participarão de 32 modalidades e, segundo as estimativas de dirigente, em mais de 20 delas ganharão medalhas

Argentina é a maior força sul-americana no esporte e está na briga pelo título
Getty Images
Argentina é a maior força sul-americana no esporte e está na briga pelo título
A Argentina quer brigar nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara pelo sexto lugar no quadro de medalhas, uma melhora significativa em relação à oitava posição obtida no Rio de Janeiro 2007, disse à Agência Efe Osvaldo Arsenio, diretor técnico esportivo da Secretaria de Esporte do país.

Veja também: Com elenco jovem, basquete da Argentina define time do Pan 2011

"Acho que nossos rivais diretos serão Colômbia e Venezuela", afirmou Arsenio. Para o dirigente, é certo que os Estados Unidos ganharão a competição. Segundo ele, Cuba e Brasil devem ficar na segunda posição, seguidos de Canadá e México . Apesar de ter dito que não acredita em previsões esportivas, o dirigente estima que a Argentina trará do México entre 14 e 18 medalhas de ouro.

Leia também: Seleção brasileira de rúgbi 7 retorna da Argentina sem vitórias

Nos Jogos de Winnipeg 1999, a Argentina ficou em quinto no quadro de medalhas, com 25 ouros, 19 pratas e 28 bronzes . Quatro anos mais tarde, em Santo Domingo, o esporte argentino desceu dois lugares e ficou em sétimo, com 16 medalhas douradas, 20 prateadas e 27 de bronze. No Rio de Janeiro, em 2007, ficou em oitavo, ao obter 11 ouros, 16 pratas e 33 bronzes .

Com o ciclista Walter Pérez, campeão olímpico em 2008, como porta-bandeira , a Argentina chegará aos Jogos com uma delegação de 485 pessoas . Os atletas do país participarão de 32 modalidades e, segundo as estimativas de Arsenio, em mais de 20 delas ganharão medalhas.

Acompanhe o blog Espírito Olímpico, com tudo sobre as modalidades Olímpicas

"Não sei se na classificação final estaremos acima ou abaixo de Venezuela e Colômbia, nossos rivais diretos. Mas afirmo que nós teremos medalhas em maior quantidade de esportes", comentou Arsenio. O dirigente acha que a Argentina será bem-sucedida em Guadalajara em esportes com bola , nos quais poderá ganhar entre três e quatro medalhas de ouro.

Veja também: Tocha Pan-Americana se aproxima de Guadalajara

"Vamos nos dar muito bem, como sempre, nos esportes por equipe , como hóquei sobre grama , futebol , basquete , vôlei , rúgbi e até no handebol , no qual hoje em dia acredito que estamos acima do Brasil", ressaltou o diretor. "O dupla de tênis é também um luxo", finalizou Arsenio em referência a Eduardo Schwank e Horacio Zeballos, que ganharam ouro no Rio de Janeiro e representam a Argentina na Copa Davis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.