Modalidade retornará de Guadalajara com duas medalhas de bronze sobre os cubanos

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Gustavo foi um dos destaques da seleção brasileira e marcou dois gols contra Cuba
A seleção brasileira masculina de polo aquático repetiu o feito da feminina, que já havia garantido o 3º lugar , e conquistou mais uma medalha de bronze da modalidade nos Jogos Pan-Americanos de 2011 . Diante de Cuba, no Centro Aquático de Guadalajara , o Brasil venceu por 14 a 7 e impediu a reação dos cubanos, que no terceiro tempo quase viraram o placar.

Veja também: Pela 3ª vez em quatro Pans, polo aquático feminino leva o bronze

No primeiro tempo de jogo, ambas as equipes não se preocuparam com a marcação e ficaram no empate em 4 x 4. No segundo tempo, o Brasil impôs seu ritmo de jogo e conseguiu abrir dois pontos de vantagem. Porém, no terceiro período, a seleção cubana esboçou uma reação e, por porco, não reverteu o resultado. Pressionado, os brasileiros levaram um puxão de orelha do técnico croata, Goran Sablic, e reagiram na partida.

Acompanhe o blog Espírito Olímpico

Na parte final do confronto, o Brasil controlou as ações do jogo e deslanchou no marcador. Contra os cubanos, os gols brasileiros foram marcados por Marcelo Franco (2), Henrique Carvalho (2), Gabriel Rocha (2), Jonas Crivella (2), Ruda Franco, Emídio Vieira, Gustavo Guimarães e Bernardo Rocha. Com o resultado, a seleção masculina igualou o feito da feminina, que conquistou o bronze na última sexta-feira, após superar as cubanas .

Leia também: Saltadores de penhascos inspiram mexicanos em Guadalajara

No quadro geral de medalhas , Cuba aparece à frente do Brasil , com 53 medalhas de ouros contra 48. Porém, no polo aquático , os brasileiros podem comemorar a hegemonia sobre os cubanos.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.