Ala-armadora admite chance de jogar próxima edição da Liga de Basquete Feminino pelo time do Maranhão, estado onde nasceu

selo

Após uma série de polêmicas que colocaram em dúvida sua vontade de jogar pela seleção brasileira feminina de basquete , a ala-armadora Iziane Marques dá mostras de que pretende fazer parte do grupo que vai a Londres, para os Jogos Olímpicos de 2012 . Um dos principais empecilhos para sua presença nos últimos tempos vinha sendo a não liberação de suas equipes na WNBA (liga norte-americana), onde ela atua desde 2002.

Confira o calendário do Pan

Assim, ela já admite a chance de atuar na próxima edição da Liga de Basquete Feminino, que começa a ser disputada ainda neste ano - sem data definida. E a possibilidade mais forte é de que ela atue pelo time do Maranhão, estado onde nasceu. "Estou conversando e muito disposta a voltar a jogar no Brasil. Se não conseguir, tenho propostas para atuar na Europa", revelou a jogadora.

Leia também: Brasil supera Colômbia e fica com o bronze no basquete feminino

No desembarque da seleção no Brasil, após a conquista da medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara , o tom do discurso foi de decepção. Favorita ao título, a equipe esperava voltar com o ouro. Agora, o objetivo é se recuperar para chegar bem em Londres no ano que vem.

"Agora é pensar na Olimpíada, fazer uma boa temporada e isso espero de todas as jogadoras, para que possam chegar na seleção em bom ritmo e afinadas para a comissão técnica apenas acertar os detalhes táticos da equipe. Tenho confiança que vamos brigar por medalha em Londres", disse Iziane.

Leia também: Brasil sofre, mas vence Uruguai na estreia do basquete masculino

A decepção pelo bronze não vai alterar a programação até a Olimpíada. Até lá, a seleção fará alguns amistosos internacionais para avaliar o próprio desempenho diante das principais concorrentes. "O planejamento será seguido, mas temos algumas coisas para serem discutidas em reunião no próximo mês, para definir a programação e os jogos internacionais", declarou o técnico Enio Vecchi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.