Tamanho do texto

Campeã olímpica conversou com a britânica Kelly Holmes sobre momentos difíceis na carreira

Na contagem regressiva para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara , a atleta Maurren Maggi ganhou uma motivação extra nesta terça-feira. A brasileira recebeu a visita da britânica Kelly Holmes, bicampeã olímpica nos 800m e 1500m em Atenas-2004. O encontro foi realizado no Centro de Excelência Esportiva de São Paulo, no Complexo do Ibirapuera (em São Paulo).

A principal dinâmica entre as duas foi a superação de momentos difíceis na carreira. Holmes expôs seu parecer. "Aprendi bastante com as derrotas e com as lesões. Quando conquistei o ouro olímpico, pela primeira vez em sete anos eu havia passado a temporada sem lesão. Bons e maus momentos são normais, mas nunca devemos desistir dos sonhos", afirmou.

Holmes participou de três edições de Jogos Olímpicos (Atlanta-1996, Sydney-2000 e Atenas-2004). Mas foi apenas na capital grega que ela, aos 34 anos, faturou as medalhas de ouro.

A ideia foi endossada por Maurren, que já colecionou episódios complicados como lesões e doping. Além disso, ela aproveitou para citar seus próximos objetivos.

"Todos os dias temos de ultrapassar obstáculos. Não queria ser campeã olímpica, pretendia ser a melhor no que fazia. Conquistei um objetivo por vez. Ainda quero uma medalha no Pan de Guadalajara e o bicampeonato olímpico", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.