Publicidade
Publicidade - Super banner
Pan
enhanced by Google
 

Ala da seleção de basquete diz que Brasil é o time a ser batido

Para Sílvia Gustavo, nenhuma outra equipe tem jogado tão bem quanto as brasileiras, que vão enfrentar Porto Rico na semifinal

iG São Paulo |

A vitória por 86 a 53 sobre a Colômbia , no encerramento da primeira fase, deixou a seleção brasileira feminina de basquete ainda mais confiante para a sequência dos Jogos Pan-Americanos . Para a ala Sílvia Gustavo , nenhuma outra equipe tem jogado tão bem quanto o Brasil.

Leia também: Brasileiras admitem que só perdem o ouro no Pan em caso de desastre

“Foram três vitórias sem correr nenhum risco”, afirmou Sílvia. “Viemos para Guadalajara para fazer o nosso melhor e é isso que tem acontecido. Nós somos o time a ser batido.”

Veja o calendário dos Jogos Pan-Americanos

Apesar de admitir favoritismo, Sílvia prefere conter a euforia antes da semifinal, que será disputada já nesta segunda-feira contra Porto Rico. “O time atingiu a consistência que nosso treinador nos pediu e o jogo de hoje serviu para que seguíssemos evoluindo”, disse a atleta. “Nas próximas partidas, temos de estar ainda mais focadas, pois são duas decisões e nós queremos conquistar a medalha para o Brasil.”

Confira o quadro de medalhas do Pan

O outro confronto da semifinal colocará frente a frente Colômbia e México. Katherina Quimbaya, ala-pivô do time colombiano, reconhece a dificuldade que vai ser encarar as donas da casa, mas mostra-se confiante.

“Já as enfrentamos antes e sabemos que podemos jogar bem”, disse a Quimbaya, que ainda revelou: “A meta da Colômbia era superar o quinto lugar conquistado no Rio de Janeiro, em 2007, e ficar entre os quatro primeiros. Já conquistamos estes dois objetivos e agora temos que lutar por uma medalha”.

Leia tudo sobre: pan 2011basquetebrasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG